BASTIDORES

“Eu não era mais feliz ali”, desabafa Chefe de Redação que pediu demissão da Intertv Cabugi

FILIPO CUNHA SE DESPEDIU DOS COLEGAS COM FOTO DA ÉPOCA EM QUE A EMISSORA ESTAVA COM UM GRANDE NÚMERO DE PROFISSIONAIS E DIZ ESPERAR TER CONTRIBUÍDO PARA UM JORNALISMO DE QUALIDADE. FOTO: REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Agora é oficial: Filipo Cunha se pronuncia sobre pedido de demissão da Inter TV Cabugi e diz que “não era mais feliz alí”. Como já havíamos divulgado no Blog do FM, o jornalista Filipo Cunha pediu demissão da emissora afiliada a Globo. A novidade é que em breve ele deve assumir um cargo na TCM, de Mossoró.

Em post no Instagram, o ex-chefe de reportagem fez um desabafo sobre o atual cenário na emissora potiguar e seu estado de espírito em relação aos últimos acontecimentos dentro da casa, como o grande número de profissionais mandados embora.

após quase 7 anos eu deixei a Intertv. Comecei como produtor de rede, depois chefe de reportagem e chefe de redação. Um trabalho que me trouxe muitas alegrias e conquistas profissionais. Conheci pessoas incríveis… algumas estão nesta foto antiga, outras nao conheci mas deixaram legado la… É antiga para dar um recado de que uma empresa é feita de pessoas que a construíram com seu trabalho. Eu saí por um motivo muito simples: não era mais feliz ali. A divergência entre meu propósito e da empresa já não me permitia ficar.”, desabafa.

Com uma foto da época em que a TV estava com uma equipe robusta, Filipo agradeceu aos colegas pelo tempo em que passaram juntos e diz esperar ter contribuído “para um jornalismo responsável e que melhora a vida das pessoas do meu estado.

Leia a íntegra

Alguns colegas ainda não sabem, ou ainda não absorveram, que após quase 7 anos eu deixei a Intertv. Comecei como produtor de rede, depois chefe de reportagem e chefe de redação. Um trabalho que me trouxe muitas alegrias e conquistas profissionais. Conheci pessoas incríveis… algumas estão nesta foto antiga, outras nao conheci mas deixaram legado la… É antiga para dar um recado de que uma empresa é feita de pessoas que a construíram com seu trabalho. Eu saí por um motivo muito simples: não era mais feliz ali. A divergência entre meu propósito e da empresa já não me permitia ficar. A todos os colegas com quem convivi meu muito obrigado, espero ter contribuído para um jornalismo responsável e que melhora a vida das pessoas do meu estado. Aos colegas que estão na empresa hoje ficarei torcendo para o sucesso de vocês. 

Veja o post



Deixe um Comentário