Famosos

Escritora, atriz e roteirista Fernanda Young morre aos 49 anos

FERNANDA INICIOU SUA CARREIRA NA TV EM 1995, NA SÉRIE “A COMÉDIA DA VIDA PRIVADA”. FOTO: DIVULGAÇÃO

Escritora, atriz, roteirista, apresentadora de TV e colunista de O GLOBO, Fernanda Young morreu, aos 49 anos, neste domingo, no sítio da família em Gonçalves (MG). A atriz teria sido vitimada por uma crise de asma seguida de parada respiratória. Ela

A atriz entraria em cartaz no dia 12 de setembro em São Paulo com a peça “Ainda nada de novo”, em que contracenaria com  Fernanda Nobre (leia a entrevista de Fernanda Young para a revista Ela deste domingo). O enterro será neste domingo, às 16h15, no Cemitério de Congonhas (SP). Em breve mais  informações sobre a morte da atriz e escritora.

Fernanda iniciou sua carreira na TV em 1995, na série “A comédia da vida privada”, adaptação de textos de Luis Fernando Verissimo que assinou com o marido, Alexandre Machado, exibida pela Rede Globo. Em 1996 lançou o primeiro livro, “Vergonha dos pés”, pela editora Objetiva.

Em 2001, ela lançou um de seus maiores sucessos na TV, a série “Os normais”, estrelada por Fernanda Torres e Luiz Fernando Guimarães, co-roteirizada por Alexandre Machado e  Jorge Furtado. Guimarães estrelaria outras duas produções roteirizadas por ela: “Super sincero” (2005), quadro exibido pelo “Fantástico” e “Minha nada mole vida” (2006). Sua última produção foi a minissérie “Shippados”, estrelada por Tatá Werneck e Eduardo Sterblitch.

No cinema, além de “Os normais” (2003) e ” Os normais 2 — A noite mais maluca de todas”, Fernanda assinou os roteiros de “Bossa nova” (2000) e “Muito gelo e dois dedos d’água” (2006), também em parceira com Alexandre Machado.

O Globo


Deixe um Comentário