Educação

Escolas do RN são pré-selecionadas para olimpíadas internacionais de Astrofísica

A IOAA ESTÁ PREVISTA PARA ACONTECER NO SEGUNDO SEMESTRE DO PRÓXIMO ANO, NA CIDADE DE BOGOTÁ, CAPITAL DA COLÔMBIA. FOTO: ILUSTRAÇÃO

Três escolas da rede estadual de ensino do RN foram pré-selecionadas para participar de duas olimpíadas internacionais de ciências em 2020. As unidades de ensino, localizadas no agreste e alto-oeste potiguar, estão concorrendo a vagas na Olimpíada Internacional de Astronomia e Astrofísica (IOAA) e na Olimpíada Latino-Americana de Astronomia e Astronáutica (OLAA), competições anuais que recebem a participação de estudantes oriundos de diversos países.

Situadas nos municípios de Elói de Souza, Martins e Umarizal, as Escolas Estaduais Desembargador Vicente Lemos, Almino Afonso e Zenon de Souza, respectivamente, participam das competições por meio de seus alunos, que foram pré-selecionados para compor os grupos de estudantes que representam o Brasil nas olimpíadas.

Genilson Costa, 16 anos, foi um desses estudantes selecionados. Aluno da segunda série do ensino médio na Escola Estadual Desembargador Vicente Lemos (EEDVL), localizada no município de Elói de Souza, o jovem realizou a prova da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA), que é a primeira fase classificatória, e obteve uma boa colocação, sendo indicado para pré-seleção. O resultado alcançado, conta, mostra-se como um estímulo para continuar estudando a área da Astronomia. 

“Essa conquista é algo que me deixa bastante orgulhoso e que tem um grande significado para mim, pois isso é consequência de uma preparação árdua que teve a ajuda dos meus professores. Isso só faz aumentar ainda mais o meu interesse por Astronomia, e a vontade de desbravar o Universo. Espero realizar também meu desejo de contribuir com a ciência. Que o Universo seja palco de conquistas e experiências incríveis em minha vida” empolga-se o aluno.

Seleção

No Brasil, a pré-seleção é realizada por meio da OBA, direcionada a estudantes dos níveis fundamental e médio das redes pública e privada de ensino do país. Os candidatos que realizam a prova e obtêm nota igual ou superior a sete (escorre para o ensino médio) são selecionados para segunda etapa, que é realizada integralmente de forma online. Essa segunda etapa está prevista para acontecer no mês de setembro.

Finalizada a fase online, os alunos com melhor colocação são indicados a compor dois grupos, cada um com seis componentes, que representarão o Brasil nas duas olimpíadas internacionais. A IOAA está prevista para acontecer no segundo semestre do próximo ano, na cidade de Bogotá, capital da Colômbia. Já a OLAA ainda não possui data ou local definidos.   



Deixe um Comentário