Cidades

Entrega de residencial em Natal tem protesto, confusão, spray de pimenta e tiros com balas de borracha

SOLENIDADE DE ENTREGA DAS CHAVES CONTOU COM A PRESENÇA DO MINISTRO ROGÉRIO MARINHO. FOTO: DIVULGAÇÃO

A entrega do Residencial Severino de Souza Marinho, em Natal, teve protesto, confusão e tiros na manhã desta sexta-feira (14). O evento contou com a participação do ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho.

Os manifestantes do Movimento de Luta nos Bairros, Vilas e Favelas (MLB) estavam no local e tentaram entrar na área reservada para a entrega simbólica das chaves. Eles derrubaram uma grade de proteção e houve confronto com a PM e a Guarda Municipal.

De acordo com a Guarda Municipal, os manifestantes jogaram pedras e garrafas nos agentes de segurança. Foram usados spray de pimenta e tiros com balas de borracha para dispersar os manifestantes.

De acordo com Matheus Araújo, coordenador do MLB no RN, o ato aconteceu para cobrar mais estrutura no residencial.

“As famílias organizadas pelo MLB vieram cobrar da Prefeitura estrutura no Village de Prata. Hoje o prefeito entrega o último empreendimento, já são mais de mil e setecentas famílias morando aqui, que não têm direito a escola, a saúde. Por isso o ML veio organizar essa manifestação pacífica, com faixas, porque todos os moradores de Natal têm que ter o direito à escola, à saúde, ao transporte público de qualidade. Mas a Prefeitura não deixou os manifestantes entrarem na área reservada, houve um tumulto e a guarda municipal respondeu com gás de pimenta que pegou em crianças e idosos”, disse.

O Residencial Severino de Souza Marinho faz parte do complexo Village da Prata e conta com 224 unidades habitacionais, com capacidade para receber cerca de 900 moradores. Foram investidos cerca de R$ 13,6 milhões na construção do residencial, que é o último do complexo a ser entregue.

Após a confusão, a solenidade de entrega das chaves prosseguiu.

G1RN


Comente aqui