Mundo

Em segredo, príncipe Harry escreve livro bombástico de memórias

FOTO: REUTERS

Aos 36 anos, o príncipe Harry se prepara para publicar sua primeira autobiografia. O duque de Sussex anunciou, nessa segunda-feira (19/7), que há aproximadamente um ano escreve um livro de memórias com lições aprendidas. A publicação da editora Penguin Random House tem lançamento previsto para 2022 e promete trazer relatos honestos sob uma perspectiva nunca vista antes.

“Não estou escrevendo isso como o príncipe que nasci, mas como o homem que me tornei”, disse em um comunicado.

Harry cresceu na mira dos holofotes. Desde criança é cercado por pararazzi que registraram cada passo dele, incluindo a infância com a mãe, a princesa Diana, a juventude recheada de escândalos e o casamento com a atriz Meghan Markle.

Segundo o príncipe, o material terá detalhes sobre todas as fases de sua vida, incluindo também a dedicação ao serviço militar que o levou à linha de frente dos conflitos no Afeganistão; as polêmicas envolvendo o Megxit – como ficou conhecido o afastamento do casal da família real –; e a paternidade.

“Tenho assumido muitos papéis ao longo dos anos, tanto literal quanto figurativamente, e espero que, ao contar minha história – os altos e baixos, os erros, as lições aprendidas – eu possa ajudar a mostrar que não importa de onde viemos, nós temos mais em comum do que pensamos”, afirmou o neto da rainha Elizabeth II.

O primeiro manuscrito deve ser enviado à editora em outubro. Ele está sendo escrito com a colaboração do romancista JR Moehringer, que também contribuiu com o livro de Phil Knight, o co-fundador da Nike.

“Em um livro de memórias íntimo e sincero de uma das figuras globais mais fascinantes e influentes de nosso tempo, o príncipe Harry compartilhará, pela primeira vez, o relato definitivo das experiências, aventuras , perdas e lições de vida que ajudaram a moldá-lo”, informa a sinopse do livro.

Metrópoles



Comente aqui