Assembleia Legislativa do RN

Em audiência pública, Caern afirma que vai ampliar rede de água em Canguaretama

A AUDIÊNCIA ACONTECEU NA CÂMARA MUNICIPAL DE CANGUARETAMA. FOTO: EDUARDO MAIA

A Assembleia Legislativa debateu na manhã desta segunda-feira, 9, na cidade de Canguaretama, a regulamentação do fornecimento de água na região. Proposta pelo deputado Kleber Rodrigues (PL), a audiência pública aconteceu na Câmara Municipal do município.

“Não estamos aqui falando apenas da água, estamos falando de vida. Vamos nos colocar no lugar do povo de Canguaretama. Vocês conseguem se imaginar sem água para o básico do dia a dia?”, indagou o deputado Kleber, ressaltando que a audiência busca uma solução imediata para a questão da água. “Esse assunto não é tão novo, mas precisa ser resolvido, pois a água é um bem essencial. O que se pleiteia aqui é água de qualidade com fornecimento regular e uma tarifa justa. É inadmissível que o cidadão pague por algo que não consome e que quando chega, é de péssima qualidade”, declarou o deputado que pediu mais atenção da Caern para a problemática.

A presidente da Câmara Municipal de Canguaretama, a vereadora Wilinhene Cristina, disse que com essa audiência busca entender o posicionamento da Caern. “Já tentamos dialogar com a Caern mas não conseguimos. A problemática da água é antiga, mas nós estamos dando um ponta pé para resolver, hoje com essa audiência estamos tendo a oportunidade de dialogar, não queremos colocar a Caern contra a parede, queremos respostas, porque o povo precisa de solução”, disse a vereadora Wilinhene.

O engenheiro civil do IFRN David Mousinho ofereceu parceria para solucionar as questões da água. “O IFRN tem um papel social e nos interessa muito que esse problema seja resolvido, então pode contar conosco. Temos laboratórios para estudo da água e assim ajudar no que for preciso”, destacou David.

O secretário de obras, João Carlos e os vereadores disseram que esperam que a Caern mostre soluções. O representante da Caern, o gerente regional do Agreste e Trairi, Francisco de Assis, disse ter conhecimento do problema de distribuição da água. “Nós somos um dos primeiros a tentar organizar o sistema que vem desorganizado há tempos. Canguaretama produz água o suficiente, segundo estudos técnicos, porém a água em alguns pontos não é de qualidade e a distribuição não está abrangente para todos os pontos, o que é algo que estamos tentando resolver com a extensão de rede e solucionar os problemas de bomba”, declarou o representante da Caern.

Por fim, o deputado Kleber Rodrigues questionou ao gerente regional, se ele tem um prazo para resolver as questões de água do município. “Esse é um ponto que nós gostaríamos de sair daqui com a resposta, outro seria a regulamentação do contrato, tendo em vista que está vencido”, destacou o parlamentar

Em resposta Francisco de Assis, disse que é preciso tratar diretamente com a diretoria geral da Caern e em relação ao contrato, ele disse que é preciso que o município inicie o debate elencando as necessidades para renovar o contrato. “Assim a Caern vai ter obrigações e a prefeitura vai ter como cobrar”, declarou o gerente regional.

Kleber Rodrigues disse que vai marcar uma reunião com o diretor-geral da Caern para que ele responda os questionamentos e convocou o poder público municipal para estar presente na reunião.



Deixe um Comentário