Cidades

Doações do RN+Unido somam R$ 3,6 milhões

FOTO: ILUSTRAÇÃO

O programa RN+Unido coletou doações de mercadorias correspondentes a R$ 400 mil no mês de junho. Com mais essa arrecadação já são R$ 3,6 milhões acumulados desde a criação da Central de Doações, em 26 de março. O balanço foi divulgado nesta sexta-feira (3) durante coletiva transmitida ao vivo da Escola de Governo.

Pedro Lopes, controlador-geral do Estado e coordenador do programa, destacou cinco doações mais relevantes no período. “Uma delas, embora de valor não muito alto, foi valiosa por agilizar e viabilizar a abertura urgente de leitos de UTI no Hospital João Machado com a compra rápida de materiais e equipamentos hospitalares pela Assurn e supermercados associados”, frisou.

Outra ação destacada foi a doação do Sindicato da Indústria da Construção Civil (Sinduscon) de quatro toneladas de tecido em filamentos para produção de 2,2 milhões de máscaras. A distribuição dessas unidades será efetivada na terceira etapa do programa RN+Protegido, concluindo a entrega de 7 milhões de máscaras pelo programa.

As outras três doações ressaltadas pelo controlador partiu da Indústria Guararapes, com doação de material hospitalar: 2 mil aventais, 4 mil jalecos, 970 proper, e 1,8 mil toucas para uso dos hospitais da rede pública estadual. E ainda a Indústria Becker com doação de 2 mil litros de sabonete líquido. E a Coca-Cola, com doação de energéticos e suco para profissionais da saúde do Governo.

PARCERIAS

Duas parcerias também foram enaltecidas. Governo do Estado, Assurn e Becker proporcionaram 19 mil litros de álcool 70% aos funcionários dos supermercados associados, com valor abaixo do preço de custo. Para viabilizar essa parceria, a Assurn comprou álcool com grau 92%, a Becker processou gratuitamente para graduação ideal de 70% e envazou. Em troca, o Governo recebeu 500 cestas básicas da Assurn.

“Com isso, ganhou a população que receberá 500 cestas básicas e também as empresas que compraram a unidade do álcool 70% a preço abaixo da metade do valor de venda”.

Pedro Lopes também lembrou a parceria com a UFRN/NUPLAN, que no mês de junho processou e envasou gratuitamente para o Governo do RN 13 mil litros de álcool a graduação de 70%, a partir de uma compra com graduação de 92%, fazendo com que o preço da operação ficasse em torno de 30% de preço de mercado. O Governo do RN deu, em contrapartida, à UFRN/NUPLAM o serviço de transporte da operação.

DISTRIBUIÇÃO

Apenas no período de junho, o programa RN+Unido arrecadou seis toneladas de alimentos e distribuiu 768 cestas básicas por meio de 17 instituições, sendo 8 em Natal e 9 no interior do Estado.

Também foi concluída a primeira etapa do programa RN+Protegido que prevê entrega de 7 milhões de máscaras. Em junho foram distribuídas 3 milhões de máscaras, sendo 1 milhão às prefeituras e 2 milhões à Região Metropolitana de Natal.



Comente aqui