Saúde

Dickson Júnior discutiu com secretário de Saúde George Antunes projeto sobre depressão nas escolas

DICKSON JUNIOR E EQUIPE ELABORAM PROJETO SOBRE SAÚDE MENTAL NAS ESCOLA

A ansiedade e depressão tão presentes nos tempos atuais, principalmente em crianças e adolescentes, deve receber atenção especial no município de Natal em 2019. É o que articula o vereador Dickson Júnior, que apresentou um novo projeto – de saúde mental nas escolas – ao secretário de Saúde George Antunes, e sua equipe, nesta quinta-feira, 07 de março. Ação que pretende ser implantada ainda no primeiro semestre desse ano.

O parlamentar está articulando com psicólogos e especialistas da área programações com palestras, que trabalhem a temática de forma preventiva nas escolas da rede pública da capital. A ideia, segundo Dickson, foi recebida com entusiasmo pelo gestor municipal. “Esse problema social precisa ser prioridade na nossa sociedade. Estamos assustados com a quantidade de jovens atentando contra as próprias vidas e sofrendo transtornos psicológicos. Vamos conversar na secretaria de Educação também e, se necessário, fazer um projeto-de-lei”, disse o edil.

O vereador também levou outras sugestões de melhorias na rede municipal, coletadas nas comunidades, através de seus projetos “Mandato Cidadão” e “Conversando com Você”. Entre as reivindicações, retorno do laboratório de análises clínicas e exames preventivos para Nova Descoberta; ampliação de cobertura dos usuários do Guarapes, Planalto e Passo da Pátria; contratações de médicos, dentistas e agentes de saúde para Cidade Nova, Guarapes e Pajuçara; ativação do Posto de Saúde do Conjunto Jardim Progresso, no bairro Nossa Senhora da Apresentação; abastecimentos de medicamentos nas Rocas e Pajuçara, retorno de assistente social para Lagoa Seca, ampliação do horário de atendimento de farmácias do Bom Pastor e Novo Horizonte, retorno de ginecologista e dentista para Novo Horizonte, entre outros.

“Foi uma reunião muito proveitosa, com respostas claras para as demandas, nas quais umas infelizmente são mais difíceis de ser viabilizadas, como a ampliação de médicos nas unidades, uma vez que vários se recusam a asumir o cargo e começar a trabalhar, mesmo tendo passado no concurso público, mas com sinalizações positivas para o atendimento de outras, como a construção de um laboratório central que vai ampliar o número de exames realizados em Natal, e a manutenção de equipamento dentário que vai permitir o retorno de atendimento odontológico na Unidade do Guarapes”, observa o vereador.


Deixe um Comentário