Política

DEU RUIM: Após Nelter chamar Fátima de “ladrona”, relator pede que CPI da ALRN convoque colega para depor

FOTO: JOÃO GILBERTO

O relator da CPI da Covid na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, deputado estadual Francisco do PT, defendeu nesta terça-feira (26) que a CPI convoque o deputado estadual Nelter Queiroz (MDB) para prestar depoimento. O relator quer que o parlamentar prove que a governadora Fátima Bezerra (PT) tem envolvimento no suposto esquema de corrupção do Consórcio Nordeste que é investigado pela Casa.

O pedido de convocação foi apresentado por Francisco do PT logo após Nelter Queiroz acusar a governadora de participação em um esquema ilícito para “roubar” verbas destinadas para a compra de respiradores no auge da pandemia de Covid-19. Ele disse que Fátima Bezerra era uma “ladrona” que precisava ser retirada do Governo do Estado. Em pronunciamento, o deputado chegou a defender, ainda, o impeachment da governadora.

“Eu sou o relator da CPI. Estou na CPI apurando fatos. Tenho acesso a documentos. Até agora não tem nada, absolutamente nada, que comprove que a governadora Fátima se beneficiou de qualquer recurso dessa compra de respiradores. O governo foi vítima. Eu acho que cabe, e vou conversar com os membros da CPI, para que a gente convoque o deputado Nelter para que ele apresente as provas de que a governadora roubou alguma coisa. Ele afirmou, está gravado. Chamou a governadora de ladrona”, enfatizou Francisco do PT.

O relator da CPI criticou o parlamentar pela declaração sem provas e enfatizou que, se não tiver documentos que embasem a acusação, Nelter Queiroz pode ser enquadrado em quebra de decoro parlamentar.

“A imunidade parlamentar não dá direito a calúnia, não dá direito a difamação, não dá direito de usar essa prerrogativa para destruir a imagem das pessoas. Ser oposição é um direito da democracia, mas a oposição não pode ser irresponsável”, protestou o deputado do PT.

Com informações do Portal 98 FM


1 Comentário

  • A permanência de um sujeito bizarro como Nelter Queiroz na AL, por sabe-se quantos mandatos consecutivos, só serve para uma coisa: atestar o quanto o RN é um poço sem fundo em termos de desenvolvimento econômico, político e social.

Comente aqui