Brasil

Deputados candidatos gastaram mais de R$ 3 milhões da Câmara em publicidade

FOTO: AGÊNCIA CÂMARA

Em 2020, os deputados federais que serão candidatos nas eleições municipais já gastaram R$ 3,1 milhões da cota para exercício da atividade parlamentar em gastos com divulgação do mandato. Nesta rubrica os parlamentares costumam lançar despesas com a confecção de materiais gráficos, contratação de profissionais para a gestão de suas redes sociais, gravação e edição de vídeos e outros serviços que moldam sua imagem perante o eleitorado.

O levantamento foi feito na ferramenta Radar do Congresso, plataforma do Congresso em Foco que agrega, entre outros, dados de gastos, assiduidade e transparência dos parlamentares.

A cota para o exercício da atividade parlamentar é uma cota única mensal destinada a custear os gastos dos deputados exclusivamente vinculados ao exercício da atividade parlamentar. O valor varia entre R$ 30,7 mil e R$ 45,6 mil, dependendo do estado de origem do deputado.

Entre os candidatos, o deputados que lidera os gastos com publicidade usando dinheiro da Câmara é Boca Aberta (Pros/PR), que disputa a prefeitura de Londrina, no Paraná. Neste ano, ele gastou R$ 207 mil com a divulgação do mandato. Entre as despesas estão propagandas em redes sociais e em veículos de comunicação locais e outdoors que foram instalados na cidade em que ele disputará a prefeitura. Abaixo, um exemplo de nota fiscal paga pela Câmara para que o deputa instalasse outdoors em sua cidade.

Congresso em Foco


Comente aqui