Tecnologia

Debandada para outros aplicativos e reação negativa faz WhatsApp adiar mudanças para maio

APLICATIVO DE MENSAGENS IMPÔS MUDANÇAS NA POLÍTICA DE PRIVACIDADE QUE INCLUEM COMPARTILHAMENTO DE DADOS DOS USUÁRIOS COM O FACEBOOK E EMPRESAS PARCEIRAS; ENTENDA O IMPACTO. FOTO: REUTERS

O WhatsApp anunciou, na noite desta sexta-feira (15), que vai adiar a mudança na política de privacidade do aplicativo para o dia 15 de maio. Inicialmente, a mudança imposta a todos os usuários estava marcada para 8 de fevereiro.

O anúncio do adiamento vem após a reação negativa e a debandada de milhares de usuários em todo o mundo para outros aplicativos de mensagem, como o Telegram e o Signal.

Segundo a empresa, a mudança levará mais tempo para acontecer para que os usuários possam “entender os fatos”.

“Agora estamos recuando da data em que as pessoas serão solicitadas a revisar e aceitar os termos. Ninguém terá sua conta suspensa ou excluída em 8 de fevereiro. Também faremos muito mais para esclarecer a desinformação sobre como a privacidade e a segurança funcionam no WhatsApp. Iremos às pessoas gradualmente para que revisem a política em seu próprio ritmo antes que novas opções de negócios estejam disponíveis em 15 de maio”, diz comunicado do WhatsApp.


Comente aqui