Segurança

Coronel Dancleiton Leite pede exoneração do comando da PM

DANCLEITON PEREIRA LEITE ASSUMIU O CARGO NO DIA 22 DE JANEIRO DESTE ANO.

DANCLEITON PEREIRA LEITE ASSUMIU O CARGO NO DIA 22 DE JANEIRO DESTE ANO.

O comandante-geral da Polícia Militar no Rio Grande do Norte, coronel Dancleiton Pereira Leite, pediu exoneração do cargo ao governo estadual nesta sexta-feira, dia 23. Ele alegou motivos pessoais para se afastar do cargo. Dancleiton Pereira Leite assumiu o cargo no dia 22 de janeiro deste ano.

A Secretaria Estadual de Segurança (SESED) ainda não se pronunciou sobre o assunto. Ainda não  há informação sobre quem  irá ocupar o posto de comandante da PM.

Em nota publicada no site da Polícia Militar, o Coronel Dancleiton Pereira Leite agradece a população o apoio e compreensão pelo trabalho exercido à frente do cargo. “Foi praticamente um ano de muitos desafios e de muitas lutas que atravessamos, mas graças a Deus, com a ajuda de cada um dos senhores e de amigos da polícia militar chegamos ao final do ano incólomes”, escreveu.

A nomeação do comandante saiu no Diário Oficial do Estado (DOE) de 23 de janeiro, um sábado. No mesmo dia, Dancleiton e seu subcomandante, coronel Sairo Rogério da Rocha, visitaram as unidades prisionais de onde quase 90 detentos escaparam somente neste mês.
À época, em entrevista para o NOVO, o coronel conta que sua pressão arterial subiu bastante nos primeiros dias após o anúncio de que assumiria o comando-geral. “Ela foi lá pra cima. Chegou a ficar 23 por 17. Eu sentia que não podia passar um final de semana inteiro sem fazer alguma coisa”, lembra.
Novo Jornal


Deixe um Comentário