Polêmica

Coronel critica intenção do Governo do RN em “desmilitarizar” a PM e exalta competência do Congresso para tal ‘estapafúrdia’

FOTO: DIVULGAÇÃO

O coronel PM José Walterler emitiu Nota de Repúdio contra a intenção do Governo do RN, em desmilitarizar a Polícia Militar. O oficial da Reserva condena tal atitude amparada pela governadora Fátima Bezerra (PT) e acredita que o verdadeiro objetivo da chefe do Executivo estadual é fortalecer a tropa de ‘policiais antifascistas’.

A desmilitarização da Polícia Militar do Rio Grande do Norte foi uma das propostas aprovadas, recentemente, para a melhoria da segurança dos potiguares na II Conferência Estadual de Segurança Pública e de Defesa Social do RN.

A proposta de desmilitarização visa a adoção de uma perspectiva de polícia comunitária no Estado. Nem a Polícia Militar nem o secretário de Segurança Pública do RN, Coronel Francisco Araújo, comentaram o assunto.

NOTA DE REPÚDIO

Escorado no direito à livre manifestação de pensamento (art. 5º, IV, CF) e considerando, dmv, a equivocada proposta de DESMILITARIZAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR sob o argumento de que “TRARIA MELHORIAS PARA A SEGURANÇA PÚBLICA POTIGUAR”, aprovada por ocasião da II Conferência Estadual de Segurança Pública e Defesa Social” presidida pelo senhor Vice Governador deste Estado, pedimos vênia para registrar o que se segue:

* Constitui competência exclusiva do Congresso Nacional uma possível “desmilitarização” da Polícia Militar, apesar de que a nossa briosa corporação, praticamente já atingiu esse status, no momento em que cresce o avanço da famigerada “seita” integrada por Oficiais e Praças da PMRN, os famosos “policiais antifascistas”, numa imoral e inaceitável afronta as tradições e aos princípios da hierarquia e da disciplina, inclusive, ocupando cargos comissionados de alta relevância no governo.

* Repelimos com imensurável indignação, decepção e desconforto, o posicionamento omissivo adotado pelos senhores ocupantes das cadeiras nº 1 da Secretaria de Segurança Pública e da Polícia Militar, respectivamente, no momento em que ao serem procurados pelo jornalista autor da matéria, afirmaram: “CABE A PM SE MANIFESTAR A RESPEITO DO TEMA” e por sua vez, o representante da PMRN afirmou que “NÃO IRIA SE MANIFESTAR SOBRE O TEMA.

* Não foi para que seus COMANDANTES se posicionassem dessa forma OMISSIVA que nossos heroicos antepassados formataram a história da PMRN com sangue, lágrimas, sacrifícios e HONRA e fincaram nosso Estandarte no dia 27 de junho de 1834, perpetuando o lema – VIGILANTIS SEMPER!!!

* Não é essa a atitude que uma TROPA espera de seus COMANDANTES. Os senhores têm o dever moral, ético e institucional de defenderem nossas tradições e nossa história, diante de propostas teratológicas iguais essa, que só visa desestabilizar, desmoralizar e fragilizar nossos valores institucionais. Os senhores não ESTÃO! Os senhores SÃO Coronéis PM. Ambos juraram perante o Pavilhão Nacional, DEFENDER a instituição e a sociedade, mesmo com o risco da própria VIDA.

* Revoltante se testemunhar pessoas e até instituições defendendo criminosos que invadem terras, queimam florestas, traficantes, abortistas, pedófilos, corruptos, antifascistas e até a destituição dos valores morais da FAMÍLIA e, ao mesmo tempo, se vê os seus próprios COMANDANTES se OMITIREM diante da obrigação de DEFENDEREM SEUS PRÓPRIOS COMANDADOS!?!?.

TEM QUE SE MANIFESTAR SIM, SENHOR SECRETÁRIO E SENHOR COMANDANTE GERAL!!! NÃO PERMITAM QUE SUAS BIOGRAFIAS SEJAM CHAMUSCADAS COM ESSA INACEITÁVEL OMISSÃO.

QUAL A CREDIBILIDADE PERANTE A NOSSA TROPA QUE OS SENHORES TÊM, P. EX., PARA COLOCAREM A COROA NO TÚMULO DO SOLDADO DESCONHECIDO?

Defender a nossa HISTÓRIA nossas TRADIÇÕES e nossa HONRA institucional, está acima dos interesses PESSOAIS e IDEOLÓGICOS.

Ensina a Carta Magna que “ninguém será obrigado as fazer ou a deixar de fazer alguma coisa senão em virtude de LEI” (art. 5º, LV, CF), de sorte a que os senhores NÃO SÃO OBRIGADOS a aceitarem, passivamente, essas idiossincrasias, pois gestões desastradas passam e mergulham no esquecimento, jamais a nossa sesquicentenária POLÍCIA MILITAR DO RIO GRANDE DO NORTE!!.

VIGILANTIS SEMPER!!!

JOSÉ WALTERLER DOS SANTOS SILVA, Coronel QOC PM (R1)


Comente aqui