Natal

Conselho dos Direitos LGBT de Natal dá primeiros passos rumo ao fortalecimento

VISITA TÉCNICA REALIZADA DURANTE TODA A QUINTA-FEIRA (22), NA CIDADE DE JOÃO PESSOA

A Secretaria Municipal de Segurança Pública de Defesa Social (Semdes) deu um passo importante para a consolidação e fortalecimento do Conselho Municipal dos Direitos da População de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais de Natal. A medida, coordenada pela secretária da Semdes, Sheila Freitas, resultou numa visita técnica realizada durante toda a quinta-feira (22), na cidade de João Pessoa, onde membros do Conselho natalense puderam conhecer a estrutura e o funcionamento do Centro de Cidadania LGBT da capital paraibana.

Na oportunidade, foram repassadas pelos técnicos paraibanos informações importantes para a composição da estrutura de atendimento e de fomentação da cidadania LGBT em Natal, mostrando o exemplo já consolidado empregado pelos gestores daquela capital. Os membros da Semdes conheceram o complexo de atendimento do Centro de Cidadania que abrange ações conjuntas de várias secretarias, como as de Saúde, Educação, Habitação, Delegacia de Crimes Homofóbicos e outras instituições.

Um ponto de destaque da visita técnica foi a palestra ministrada para a equipe da Semdes onde foi abordado o tema da estrutura necessária para a montagem do Centro em Natal, como também os serviços que podem ser unidos e oferecidos a população LGBT. Os técnicos da Semdes ainda visitaram o Ambulatório de Saúde Integral direcionado a travestis e transexuais, que funciona no Complexo Hospitalar Clementino Fraga.

Para a secretária Sheila Freitas, a visita trouxe mais informações e experiências para a equipe técnica natalense que se encontra empenhada na construção da estrutura de uma rede de atendimentos LGBT na cidade. “O Conselho Municipal LGBT de Natal adquiriu mais conhecimento que vai possibilitar a abertura de serviços que contemplem mais e melhor o público ao qual ele se destina a sua missão”, comentou.

O Conselho Municipal LGBT de Natal é composto por secretarias do município e entidades civis e tem a missão de salvaguardar, discutir e deliberar sobre as políticas públicas para Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais da capital potiguar. 


Deixe um Comentário