Internacional Sem categoria

Confira como a mídia internacional noticiou o julgamento de Lula

NY Times destacou voto de Barroso. (NY Times/Reprodução)

 

O julgamento do pedido de habeas corpus do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no STF (Supremo Tribunal Federal) teve 1 olhar atento da imprensa internacional. Saiba o que falaram os principais veículos estrangeiros.

THE NEW YORK TIMES

Para o jornal nova-iorquino The New York Times a decisão do STF sobre o habeas corpus de Lula tem potencial para “redesenhar o sistema jurídico brasileiro em meio a uma longa investigação sobre corrupção e lavagem de dinheiro”.

O site do jornal cita 1 argumento usado pelo ministro Roberto Barroso ao proferir seu voto no STF: “Não estamos debatendo uma herança política. É sobre decidir se a jurisprudência que a corte estabeleceu deve ser aplicada a todas as pessoas. É 1 teste da nossa democracia.

(Clarín/Reprodução)

CLÁRIN

O jornal argentino Clarín, que já dava manchete ao caso antes mesmo do fim da votação, destacou o desenlace “dramático”, com o desempate nas mãos da presidente do STF, Cármem Lúcia. Ao lado da matéria principal, foi publicado ainda 1 perfil de Lula e uma reportagem explicando o caso do triplex do ex-presidente brasileiro.

EL PAÍS

O espanhol El País noticiou em tempo real o julgamento.

(El País/Reprodução)

REUTERS

A agência de notícias Reuters destacou a importância do julgamento do habeas corpus de Lula para pôr fim a uma injusta tradição de impunidade para os mais ricos no país.

“Juízes de tribunais ordinários, os principais promotores e grupos empresariais pediram à corte que mantenha sua decisão de 2016, determinando que réus possam ser encarcerados se a condenação for confirmada no tribunal de apelação, como aconteceu com Lula neste ano”, disse à agência.

(BBC/Reprodução)

BBC E THE GUARDIAN

Os britânicos BBC e The Guardian publicaram matérias sobre o caso.

BBC se preocupou em contextualizar o atual cenário envolvendo o ex-presidente. Destaca os protestos que polarizam o país e responde a perguntas como “quem é Lula?”, “como ele entrou nessa bagunça?” e “o que a Suprema Corte está decidindo hoje?”.

Já o jornal The Guardian traz a visão de especialistas brasileiros sobre o os possíveis desdobramentos da decisão da Suprema Corte. Também avalia os resultados de uma possível prisão.

Fonte

 


Deixe um Comentário