Geral

Codern informa que está tomando providências jurídicas após invasão do MST com apoio da UFRN

Fotos: Heitor Gregório

A Companhia Docas do Rio Grande do Norte emitiu uma nota sobre a invasão do Movimento dos Sem Terra ao porto de Natal. Confira na íntegra:

A Companhia Docas do Rio Grande do Norte (CODERN) lamenta veementemente o episódio ocorrido na noite desta quinta-feira (08), onde um protesto com a presença de manifestantes do Movimento dos Sem Terra (MST), denominado de “Marcha das Mulheres”, invadiu o Porto de Natal, impondo sérios riscos aos próprios invasores e aos trabalhadores portuários, em plena atividade.

Repudiamos a depredação ao patrimônio público, com as pichações feitas e informamos a não ocorrência de confronto entre os manifestantes e os guardas-portuários, que agiram com total sensibilidade e eficiência, convencendo o grupo a desocupar o local.

A CODERN já está tomando as providências jurídicas cabíveis.

 


Deixe um Comentário