Polícia

Cenas fortes: vídeos veiculados pelo Portal da TV União mostram a proporção catastrófica da barbárie em Alcaçuz

Até o início da manhã deste domingo, dia 15, não se tem o levantamento oficial de quantas mortes ocorreram na rebelião iniciada ontem, na Penitenciária Estadual de Alcaçuz. No entanto, já se tem conhecimento de que a barbárie e selvageria atingiu proporções catastróficas. Imagens de vídeos que estão sendo exibidos com exclusividade no Portal da TV União de Natal mostram cenas capazes de chocar qualquer ser  humano.

O cenário em Alcaçuz é devastador: grades quebradas, colchões queimados, paredes destruídas, cabeças de presos arrancadas, cadáveres  espalhados e siglas de facções criminosas escritas com o sangue das vítimas nas paredes da penitenciária.

Em uma das gravações feitas em um celular, presos tentam quebrar a perna esquerda de um inimigo.

Segundo informa o jornalista especializado na área policial, João Ricardo Correia, o “combinado” entre os criminosos que comandaram a rebelião era torná-la mais sangrenta e cruel que a ocorrida há poucos dias, em Manaus.

Por enquanto, os bandidos “se divertem” lá dentro, enquanto seus familiares se desesperam do lado de fora, em busca de informações. Já foram registrados alguns confrontos entre parentes dos detentos e policiais.

Vídeos veiculados no Portal da TV União, mostram cenas são fortes, com imagens de cadáveres mutilados, despidos, decapitados. Há também cenas de tortura.

 


1 Comentário

Comente aqui