Tecnologia

Ceará é o estado do Nordeste que mais compra passagens de ônibus pela web; RN não pontua no ranking

Ilustração

O Ceará é o líder no Nordeste em compra de passagens ônibus pela internet, respondendo por 5% do total de bilhetes comercializados na região. Os nove estados concentram 15% das vendas do País. Os dados são parte da pesquisa mais recente E-Rodoviário, realizada pela ClickBus, empresa de e-commerce de tickets de transporte rodoviário. Além do Ceará, Bahia (3%) e Pernambuco (2%) são os que apresentam resultados mais significativos.

Em 2017, o E-rodoviário alcançou 9,7 milhões de passagens vendidas no Brasil. Isso representa um aumento de 1,8 milhões de passagens, quase 20% quando comparado com o número de tickets vendidos em 2016. A ClickBus estima que, nesse crescimento gradual, até 2023, um terço das vendas de bilhetes de ônibus seja feita por meio da internet.

Entre os destinos mais visitados no Nordeste, por quem viaja de ônibus, o Ceará aparece com 16% das compras de bilhetes, seguido de Recife (9%) e Salvador (8%). Dentro do Estado, depois da Capital, Sobral é o segundo destino mais visitado. O Terminal Rodoviário Engenheiro João Thomé, administrado pela empresa Socicam, tem parceria com a ClickBus.

A pesquisa também mostra que a Capital é a origem ou o destino de todas as principais rotas do passageiro E-rodoviário no Nordeste. Sobral e Teresina são citados no levantamento como o ponto final da maioria das viagens saindo do Terminal, o mais movimentado de Fortaleza.

A psicóloga Rochelly Holanda, 24, conta que viaja regularmente de ônibus a cada 15 dias e que prefere comprar os bilhetes online. Para ela, é mais rápido e simples obter a passagem pelo celular, em aplicativos (apps) de empresas específicas a ir ao guichê. “É bom comprar no aplicativo porque já vem inclusa a taxa de embarque, além de evitar filas e atrasos. Com o código da compra, que é disponibilizado por e-mail, você mesma imprime o bilhete”. Assim como Rochelly, o levantamento aponta que 41% das compras online no aplicativo de passagens de ônibus são feitas pelo celular.

O professor da Universidade Federal do Ceará (UFC) e especialista em administração de sistemas de informação, Calos Manta, afirma que as lojas físicas ainda têm uma grande importância no Brasil, mas o e-commerce vem ganhando mais força como uma forte opção de compra. “Na maioria das vezes, as lojas online são uma variante do comércio presencial, existindo as duas plataformas, na realidade uma complementação. Mas, em novos casos, a venda online é a única forma de adquirir um determinado produto”, observa. Para ele, benefícios como a compra antecipada e a comodidade de receber o produto em casa são atrativos para o consumidor preferir vendas online.

Manta ressalta que, antes de realizar a compra, o cliente deve prestar atenção em alguns detalhes que podem evitar fraudes. O primeiro passo é saber se o site é original, observando se no lado superior da página ao lado da página existe o símbolo de um cadeado e se na grafia textos está correta. Além disso, preços muito baixos e solicitação da senha do cartão são evidências de fraude. Uma dica que ele dá é que o consumidor procure ler os comentários de outras pessoas sobre a empresa e pesquise a média de preço dos bilhetes.

O Povo



Deixe um Comentário