Política

Carlos Eduardo acusa Fátima de responsabilidade e omissão na violência no RN

DEBATE ENTRE OS CANDIDATOS AO GOVERNO DO RN, SOBRE SEGURANÇA PÚBLICA.

O ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo (PDT) chamou a atenção do eleitorado para a responsabilidade e a omissão da senadora Fátima Bezerra (PT) no caos da insegurança que tornou o Rio Grande do Norte o estado mais violento do Brasil.

Foi no debate entre os candidatos ao Governo do Estado sobre segurança pública promovido ontem (05) pelas associações de Policiais Militares e transmitido pela Band Natal.

Carlos Eduardo lembrou que Fátima e o atual governador Robinson Faria (PSD) – que faltou ao segundo debate sobre o tema, foram aliados, se elegeram e governaram juntos por dois anos (2015/16), período em que cerca de 3.600 pessoas foram assassinadas no Estado sem que a senadora ou o seu partido, o PT se manifestassem.

Fátima Bezerra tentou tangenciar na resposta abordando política eleitoral, mas, na réplica, Carlos Eduardo reforçou: “Durante dois anos de aliança entre PT e Robinson morreram 3.600 pessoas no estado. O PT não disse nada. Você (Fátima Bezerra) é corresponsável por esse estado de violência que está aí“.


Deixe um Comentário