Saúde

Campanha do Tracoma já percorreu cinco municípios e chega a Natal

Depois de percorrer as escolas e domicílios em Goianinha, Espírito Santo, Canguaretama, Lagoa de Pedra e Brejinho, a Campanha do Tracoma chega a Natal. A campanha nacional é para prevenir a doença ocular crônica, recidivante e endêmica, que pode causar perda da visão e a Secretaria de Estado da Saúde Pública do RN (Sesap) está identificando e tratando os casos. As crianças de até 10 anos são as mais suscetíveis à reinfecção.

Nesta quinta-feira (9) será a vez da equipe examinar as crianças da Escola Municipal Celestino Pimentel (Rua Pernambuco, s/n, Cidade da Esperança), no horário das 9h às 17h. A meta da Sesap é examinar 45.514 escolares em 20 municípios do Estado. São duas equipes de 4 examinadores, que estão, desde o dia 12 deste mês, visitando as escolas com o apoio técnico e logístico das Unidades Regionais de Saúde. Os exames vão acontecer até o dia 25 de novembro. Em Natal já foram examinadas cerca de 3 mil crianças e amanhã os técnicos esperam realizar o exame em 710.

O tracoma exige um exame essencialmente clínico, feito por meio de um exame ocular externo. Em caso do exame ser positivo, a equipe se desloca até a residência da criança, a fim de examinar toda a família e ministrar o medicamento. Após 6 meses, o exame precisa ser refeito.

No RN, a campanha é coordenada pela Subcoordenadoria de Vigilância Epidemiológica (SUVIGE), vinculada à Coordenação de Promoção à Saúde.

 O diagnóstico do tracoma é essencialmente clínico, feito por meio de um exame ocular externo, realizado por profissional certificado pelo Ministério da Saúde. Depois de Natal será a vez de Touros, Tangará, São José de Mipibu, Santa Maria, Macaíba, Cerro Corá, Bodó, Caraúbas, Assu, Rio do Fogo, Ceará Mirim, São Paulo do Potengi e Baía Formosa.


Deixe um Comentário