Política

Câmara gasta R$ 6,2 milhões em viagens de missões oficiais

A COMITIVA DE DEPUTADOS EM AZERBAIJÃO, EM NOVEMBRO.

A COMITIVA DE DEPUTADOS EM AZERBAIJÃO, EM NOVEMBRO.

Em tempos de crise, a Câmara gastou R$ 6,2 milhões em diárias e passagens para missões oficiais de deputados e servidores nos mais variados eventos.

Em 2016, foram 1.270 viagens, sendo 294 delas para 47 destinos internacionais. Dados da Câmara, adquiridos pela Lei de Acesso à Informação, mostram 427 deslocamentos de deputados não só para as queridinhas Nova York, Miami, Las Vegas, Londres, Madri, mas também para destinos menos badalados, como Adis Abeba, na Etiópia; Jaipur, na Índia; Tel Aviv, em Israel; e Baku, no Azerbaijão.

A maioria das viagens foi feita por servidores da Casa. Do total, 843 viagens foram para assessores e seguranças, que acompanharam seus parlamentares ou os representaram em simpósios e congressos.

Entre os mais viajados aparece o deputado Heráclito Fortes (PSB-PI), que visitou a Cidade do Panamá, Assunção, Filadélfia, San Salvador, Santiago, Montevidéu, Baku, Washington e Roma.

Estadão



Deixe um Comentário