Brasil

Cacique Raoni denuncia Bolsonaro no Tribunal de Haia por crimes ambientais

“MUDANÇA CLIMÁTICA” É UM DOS TERMOS MAIS ATACADOS POR VÂNDALOS DIGITAIS QUE SÃO CÉTICOS DO CLIMA. FOTO: REUTERS

Os caciques Raoni Metuktire e Almir Suruí abriram nessa sexta-feira uma denúncia contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) no Tribunal Penal Internacional (TPI), citando crimes ambientais, em um contexto de crimes contra a humanidade.

A representação feita pelas duas lideranças indígenas contou com ajuda do advogado francês William Bourdon, famoso por defender causas internacionais de direitos humanos e mais recentemente casos de “whistleblowers” como Edward Snowden, Julian Assange e ativistas africanos.

Ecoa


1 Comentário

  • Esse cacique não deve ter nada pra fazer na aldeia dele,,,,,,só vive viajando pelo estrangeiro, o dinheiro público acabou, fica reclamando,,,,denunciou o presidente tribunal de Haia sim e aí cacique vão fazer o que com sua denúncia nada,,,,,

Comente aqui