Mundo

Brasileira morre atropelada por carro em alta velocidade em Pompano Beach, na Flórida

A FORÇA DO ACIDENTE DEIXOU A BRASILEIRA IRRECONHECÍVEL, DE MODO QUE AS AUTORIDADES NÃO CONSEGUIAM IDENTIFICAR SUA IDADE. FOTO: DIVULGAÇÃO

Um carro guiado em alta velocidade acertou em cheio a brasileira Aline Palla Acosta, de 27 anos, matando a jovem na hora, na tarde dessa quarta-feira, 19, em Pompano Beach. O choque foi tão intenso que o Nissan, depois de atingir Aline, que estava andando de patins no passeio, bateu em uma árvore e se partiu ao meio.

O acidente aconteceu por volta das 17h de quarta-feira, 19, na altura da 601 NE 10th St., no caminho ao lado sudoeste do Airpark Pompano Beach. O motorista acelerou tanto que perdeu o controle do carro na curva e bateu na árvore de lado. O motorista e a passageira do veículo, identificados como Endail Thomas, de 25 anos, e Melissa Gregoire, de 37, foram ejetados do carro e estão internados em estado grave.

Aline estava andando em uma pista de recreação em patins quando o carro literalmente “voando”, de acordo com testemunhas, ficou sem controle na esquina e bateu em uma árvore que cortou o carro ao meio, expulsou os dois ocupantes e depois bateu nela, informou o Gabinete do Xerife de Broward.

Ela ficou prensada entre árvore e o carro. A força do acidente deixou a brasileira irreconhecível, de modo que as autoridades não conseguiam identificar sua idade. Ela foi declarada morta no local.

Nos Estados Unidos desde os três anos de idade, quando veio com os pais, que hoje moram no Brasil, Aline era filha única e estava casada há três anos. Agora, a família busca por respostas para saber exatamente como tudo aconteceu e se haverá punição. As investigações sobre o acidente continuam.

Gazeta News



Deixe um Comentário