Geral

Bombeiros realiza sonho e promove festa de aniversário para menino de oito anos

JOÃO VICTOR TEVE O GOSTINHO DE SENTIR UM POUCO O QUE É SER UM BOMBEIRO

JOÃO VICTOR TEVE O GOSTINHO DE SENTIR UM POUCO O QUE É SER UM BOMBEIRO

O pequeno João Victor Nunes, de oito anos, realizou mais que um sonho de Natal – segundo ele mesmo – na manhã desta quinta-feira, dia 22. João Victor, que escreveu uma carta ao Papai Noel pedindo um caminhão de Bombeiros, pode ser bombeiro por um dia, com direito a rapel, a passear uma viatura caminhão Auto Bomba Tanque da corporação, além de ganhar o brinquedo e uma festa surpresa de aniversário.

João Victor chegou por volta das 8h no quartel do Corpo de Bombeiros, acompanhado dos pais, teve o gostinho de sentir um pouco o que é ser um bombeiro, tirou fotos nos caminhões, provou a roupa de bombeiro, fez rapel com 15 metros de altura, que simula a fachada de um edifício, recebeu o abraço dos bombeiros que ele tanto admira, e ainda deu voz de comando à tropa.

“Ano passado mandei a carta e Papai Noel não me atendeu, mas este ano tinha a esperança que daria certo, mas não sabia que fariam tudo isso. Foi muito legal, gosto muito dos bombeiros e meu sonho é ser bombeiro, pilotar o caminhão. O que eu quero mais fazer é apagar incêndio, pois o que mais gosto é quando os bombeiros apagam incêndio”, disse João Victor.

A mãe do pequeno João Victor, Maria do Socorro Nunes, agradeceu imensamente a surpresa e disse que esse dia ficará marcado na história da família. “Jamais esqueceremos o que o Corpo de Bombeiros proporcionou para meu filho e para nossa família. Isso é a prova de que vale a pena sonha e acreditar nos seus sonhos. Vou me esforçar para garantir que meu filho se torne um bombeiro militar. Agradeço aos bombeiros pela ótima surpresa à família, desejo muita paz, que Deus abençoe todos esses heróis que salvam vidas diariamente”, afirmou a dona de casa Maria do Socorro.

O comandante geral interino do Corpo de Bombeiros Militar do RN, coronel Laurêncio Aquino de Menezes, explica que ficou emocionado e sensibilizado quando recebeu a carta e decidiu atende-la, por entender a grande responsabilidade social da Corporação, e o que ela representa no imaginário infantil.

“Sentimos, através de João Victor, realizados em servir ao próximo. È um momento de muita felicidade em poder realizar este sonho, que é de muitas crianças, de ser bombeiro e hoje cumprimos nossa missão de solidariedade e de servir ao próximo. Esperamos que ele permaneça com esse sonho e que mantenha sempre viva essa chama de fazer o bem. Isso faz o nosso trabalho cada vez mais ser gratificante”.

bombeiros-2


Deixe um Comentário