Brasil

Bolsonaro passa bem após cirurgia para retirada de cálculo na bexiga

FOTO: DIVULGAÇÃO

A cirurgia de remoção de uma pedra na bexiga, a qual o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) foi submetido na manhã desta sexta-feira (25/9), terminou sem nenhuma intercorrência. Segundo a Secretaria de Comunicação da Presidência (Secom), o procedimento demorou 1h30 e o cálculo foi completamente removido

Por meio de nota, a Secom informou que Bolsonaro “encontra-se estável clinicamente, afebril e sem dor”. A operação foi realizada no hospital Albert Einstein, em São Paulo, pelo urologista Leonardo Lima Borges. A cirurgia foi acompanhada pelo cardiologista Leandro Santini Echenique.

O presidente está com uma sonda e só deve ter alta quando retirá-la e conseguir urinar normalmente. A previsão é de que isso ocorra a partir deste sábado (26/9).

Segundo o presidente, ele convive com o cálculo na bexiga há cerca de cinco anos e a pedra atingiu o tamanho de um grão de feijão.

“Esse cálculo aqui é de estimação. Já tenho há mais de cinco anos. Tá na bexiga, maior do que um grão de feijão, e resolvi tirá-lo porque deve tá aí ferindo internamente a bexiga”, disse.

Metropoles


Comente aqui