Eleições 2018

‘Bolsonaro morreu pela boca’, diz Dilma Rousseff, em Minas

EX-PRESIDENTE DES A DECLARAÇÃO HOJE (28), AO VOTAR EM UM COLÉGIO, NA REGIÃO DA PAMPULHA, EM MINAS GERAIS.

A ex-presidente Dilma Rousseff disse, neste domingo 28, que o candidato do PSL à presidência da República Jair Bolsonaro “morreu pela boca”, ao votar em um colégio, na região da Pampulha, em Minas Gerais.

“O candidato Bolsonaro morreu pela boca. Teve uma revelação clara sobre o que ele pensava”, afirmou a petista, que foi derrotada na disputa por uma cadeira no Senado.

Dilma disse, ainda, que confia em uma virada do ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), mas admitiu que já se prepara para a “resistência”. “Acredito que haverá uma grande resistência. Temos que esperar a resistência da democracia brasileira, das instituições políticas e dos movimentos sociais. Porque ele disse que os opositores têm que ir à prisão ou ao exílio e que os movimentos sociais seriam criminalizados como terroristas”, afirmou.

Veja


Deixe um Comentário