Brasil

Bolsonaro diz que fazer politicagem com o coronavírus é “coisa de covarde”

BOLSONARO DEFENDE O ISOLAMENTO VERTICAL, PARA NÃO ARRUINAR A ECONOMIA. FOTO: EBC

O presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou na noite de quarta-feira (25), nas redes sociais, que “fazer politicagem em um momento como esse é coisa de covarde”.

“É mais fácil fazer demagogia diante de uma população assustada do que falar a verdade. Isso custa popularidade. Não estou preocupado com isso!”, escreveu Bolsonaro. “A demagogia acelera o caos”, prosseguiu.

Desde terça-feira (24), o presidente passou a defender restrições ao isolamento e distanciamento social. Ele sustenta que os idosos – grupo mais vulnerável à Covid-19 – devem ser protegidos, mas que a maior parte da população brasileira pode voltar à rotina.

Bolsonaro disse que o Brasil enfrentará um mal maior do que o vírus caso a atividade econômica continue paralisada. “Não condenarei o povo à miséria para receber elogio da mídia ou de quem até ontem assaltava o País”, afirmou.


Deixe um Comentário