Brasil

Bolsonaro convoca Petrobras para discutir preço do diesel e defende ICMS fixo

EM TRANSMISSÃO AO VIVO, PRESIDENTE AINDA DISSE QUE, DURANTE REUNIÃO COM A EMPRESA NESTA 6ª, TAMBÉM DISCUTIRÁ PRIVATIZAÇÃO DA ESTATAL. FOTO: REPRODUÇÃO

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) defendeu nesta quinta-feira (4/2) que o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) tenha um valor fixo em todo o país. Durante a transmissão ao vivo nas redes sociais que faz toda as quintas, o chefe do Executivo federal ainda disse que convocou todos os ministros de seu governo e o presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, para discutir o preço do diesel. A reunião está marcada para a manhã desta sexta-feira (5/2).

“Ninguém está interferindo na Petrobras, mas você [cidadão] tem que saber qual a composição do preço final do diesel”, declarou Bolsonaro.

Durante a reunião, segundo Bolsonaro, a privatização da estatal também será discutida. Segundo ele, o presidente Castello Branco terá de explicar os “prejuízos” da empresa em relação ao preço do combustível.

“A Petrobras é uma empresa aí importante, sim. Tem que ser privatizada ou não? Qual a sua opinião? Então, é isso que vamos conversar amanhã porque estava previsto que iriam dar um novo reajuste em cima do combustível. É justo ou não é? Dizem que a Petrobras está dando prejuízo. Então, o presidente da Petrobras vai dizer amanhã para os senhores, que é a obrigação deles, qual o prejuízo, porque que o preço é esse no Brasil, mesmo o da refinaria”, disse.

Metrópoles


Comente aqui