Brasil

Bolsonaro chama eleitores de Lula de “jumentos de duas pernas”

FOTO: IGO ESTRELA

Em conversa com apoiadores, na saída do Palácio do Alvorada, na manhã desta quinta-feira (22/7), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ofendeu eleitores do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). O momento foi gravado e divulgado por um canal simpatizante ao governo.

Um apoiador provocou o presidente dizendo que Lula faria uma “jumenciata”, mas que “havia faltado jumento”. “Acho que jumento de duas pernas, eleitor dele, tem bastante”, corroborou o presidente.

“Quem já passou pelo comando de certas pessoas vai pensar em voltar, porque esqueceu”, prosseguiu.

Bolsonaro tem aumentado as críticas ao petista ao longo dos últimos meses. Em conversa com apoiadores, ele costuma afirmar que Lula só será presidente “na fraude” – na versão bolsonarista, isso seria garantido pelo atual sistema eleitoral de urnas eletrônicas.

O voto impresso é uma das principais bandeiras do atual chefe do Executivo. Segundo ele, as urnas permitem fraudes.

O presidente costuma dizer que só não venceu a eleição de 2018 no primeiro turno porque teria ocorrido fraude, e já foi intimado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para apresentar provas do que alega.

Metrópoles


1 Comentário

  • Não é à toa que o Bozoka tá com o monossílabo que não passa um cacho de cocos. A situação dele é dramática, mesmo porque ele tem plena consciência de que deve sua eleição a três fatores decisivos: 1) corrupção do PT; 2) atuação de Sérgio Moro na Lava Jato; e 3)a facada em Juiz de Fora. Necessariamente nessa ordem, anote aí. E ainda assim só foi eleito, em segundo turno, porque Lula estava engaiolado em Curitiba. Alguma dúvida?

Comente aqui