Política

Bolsonaro autoriza adesão ao acordo que abre licitação a estrangeiros

“EM RESPEITO AO DINHEIRO DO PAGADOR DE IMPOSTO, BUSCAREMOS LICITAÇÕES MAIS TRANSPARENTES”, AFIRMOU O PRESIDENTE PELO TWITTER. FOTO: AGÊNCIA BRASIL

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira, 23, que autorizou a adesão do Brasil ao Acordo de Compras Públicas (GPA), da Organização Mundial do Comércio (OMC). Pelo Twitter, o presidente afirmou que a participação do país no tratado será uma forma do país buscar “licitações mais transparantes

o Acordo de Compras Públicas exige um tratamento isonômico dos países signatários empresas estrangeiras interessados em participar de licitações e concorrências públicas no país. A futura adesão havia sido anunciada na última terça-feira pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, durante participação no Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça. Segundo Gueses, essa é uma oportunidade para abrir a concorrência, atrair investidores estrangeiros e diminuir a corrupção em licitações de obras públicas.

Veja



Comente aqui