Famosos

Baterista da banda RPM, Paulo Pagni morre aos 61 anos

Reprodução/Facebook

Morreu na manhã deste sábado, aos 61 anos, o baterista da banda R.P.M, Paulo Antonio Pagni, conhecido como P.A. Ele estava internado em estado grave na UTI do Hospital São Camilo, na cidade de Salto, em São Paulo, desde o dia 14 de maio, com grave condições respiratórias por causa de uma pneumonia. A informação foi divulgada pela banda no início da noite.

P.A morreu às 8h40 da manhã por insuficiência respiratória e broncopneumonia. Paulo Pagni deu entrada na unidade com infecção pulmonar, apresentando dificuldade respiratória. Ele foi diagnosticado com fibrose pulmonar. O baterista, que entrou para a banda RPM em 1985, completou 61 anos no dia 1º. de junho. O velório será em uma Araçariguama (SP), cidade onde o músico morava. Ele deverá ser enterrado neste domingo (23), no cemitério municipal.

A banda afirma que apoia a família e pede orações e bons pensamentos a todos.

O Dia


Deixe um Comentário