Política

Bancada federal cobra solução para indústria salineira potiguar

A bancada federal do Rio Grande do Norte tem percorrido ministérios em Brasília visando garantir a prorrogação da legislação que protege a indústria salineira do dumping praticado por concorrentes chilenos. Empresários do setor tem acompanhado os deputados e senadores. O senador Garibaldi Filho, que ontem (27) participou de audiências com os ministros da Secretaria de Governo, Carlos Marun, e dos Transportes, Maurício Quintella, explicou a importância do pleito ser atendido.

“Preocupa as manobras que estão sendo feitas pelo grupo chileno. Elas podem redundar em prejuízo para nossa indústria salineira. Aqui vale dizer que a nossa indústria é responsável por 98% do sal marinho produzido no país. Não podemos abrir mão disso, até pelo número de empregos criado. Por isso estamos nessa peregrinação pelos ministérios, visando proteger a nossa indústria salineira”, afirmou.

O setor salineiro do Rio Grande do Norte é responsável por 15 mil empregos diretos e 50 mil indiretos. As indústrias faturam próximo de 1 bilhão reais por ano, e pagam, em impostos, cerca de R$ 150 milhões por ano. Os empresários alertam que a continuidade da insegurança jurídica que atinge a indústria salineira pode implicar na derrocada do setor.



Deixe um Comentário