Turismo

Azul anuncia implantação de novos voos ligando Natal a Recife, Campinas e Belo Horizonte; Latam também adere ao novo modelo de incentivo do Governo do RN

Ao prestigiar o evento que marca as primeiras adesões de companhias aéreas ao novo modelo de incentivo fiscal instituído pelo Governo do Rio Grande do Norte para o querosene de aviação (QaV), a Latam e Azul Linhas Aéreas estiveram presentes na manhã desta segunda-feira, 24, na Governadoria, e confirmaram o interesse em aderir aos acordos que, pelas novas regras, poderão até zerar as alíquotas de ICMS sobre o querosene com que elas abastecem suas aeronaves no nosso estado.

Para isso, será preciso que a companhia interessada no benefício garanta incrementos entre 35% e 50% na sua malha aérea para o RN. Para chegar a zero de ICMS, a interessada terá, ainda, que implantar pelo menos uma nova frequência internacional regular. Além disso, vale ressaltar a importância da amarração de que, em caso de descumprimento, a companhia terá que devolver aos cofres potiguares os valores que eventualmente tenha deixado de recolher. No evento de hoje, a Azul, aliás, já anunciou a implantação de novos voos ligando Natal a Recife, Campinas e Belo Horizonte.

“O modelo desenhado é um passo importante para mudarmos o atual cenário, no qual o Rio Grande do Norte amarga uma das piores e mais caras malhas aéreas do país, com pouquíssimos voos e diferenças de tarifas que passam dos 100% em relação a estados vizinhos como Paraíba e Ceará, considerando como ponto de partida os principais polos emissores de turistas do Brasil. A governadora Fátima Bezerra e a secretária de Turismo do RN, Ana Maria Costa, merecem o nosso aplauso pela coragem e o empenho de encarar este que é hoje um dos grandes gargalos do nosso turismo”, disse Marcelo Queiroz, presidente do Sistema Fecomércio-RN, Marcelo Queiroz.


Deixe um Comentário