Esporte

Atletas da UFRN trazem seis medalhas das Paralimpíadas Universitárias

FOTO:CCSA

Os atletas paralímpicos da UFRN conquistaram seis medalhas nas Paralimpíadas Universitárias realizadas na cidade de São Paulo (SP), na semana passada. Gabriel Kedson, do curso Fisioterapia do Centro de Ciências da Saúde (CCS), trouxe o ouro nos lançamentos de Disco e de Dardo, e a prata no Arremesso de Peso, na categoria F43. Já Cícero Tavares, do curso de Direito do Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA), conquistou três medalhas de bronze: no Lançamento de Disco, Arremesso de Peso e Lançamento de Dardo, categoria F44.

Essa foi a primeira competição dos atletas após o início da pandemia da covid-19, que trouxe um desafio a mais para os estudantes, por competirem com atletas participantes das Paralimpíadas de Tóquio/2020. “A competição foi muito boa, considerada de alto nível. Foi a primeira nesse período de pandemia, nela pude ver que ainda estou bem e que, até o final do ano, vou melhorar muito. Participar desses eventos é muito bom, porque, além de crescermos no esporte, também crescemos na vida acadêmica e profissional”, resume Cícero Tavares.

Para Gabriel Kedson, o evento foi um momento de crescimento e superação. “Pude adquirir mais experiência e evoluir em prol da minha carreira. As medalhas de prata e as duas de ouro tiveram uma importância imensurável para mim, até porque esse ano não está sendo fácil: com interrupções devido à pandemia e também passei por problemas de saúde. Mesmo assim, consegui manter as minhas marcas”.

Já em solo potiguar, os atletas começaram os preparativos para os Jogos Universitários Brasileiros (JUBs), que acontecem de 10 a 18 de outubro, em Brasília (DF). Para Gabriel, é a oportunidade de evoluir ainda mais: “Espero treinar, dar sequência aos meus trabalhos de técnica e chegar ao JUBs mais experiente, sem aquela tensão de primeira competição, fazendo assim melhores marcas”. A competição também é seletiva para II FISU América Games, que acontecerá em 2022, na cidade de Mérida (México).

Retorno

A UFRN também já se prepara para retomar as atividades presenciais no Complexo de Esportes a partir de outubro, seguindo o protocolo de biossegurança elaborado pelo Comitê de Enfrentamento do Coronavírus. Além disso, organiza-se para enviar representantes de outras modalidades para os Jogos Universitários Brasileiros (JUBs).


Comente aqui