Polícia

Após fuga de detentos, visitas na Penitenciária de Alcaçuz seguem suspensas

FOTO: CANINDÉ SOARES

Seguem suspensas as visitas presenciais e televisitas à Penitenciária de Alcaçuz. A decisão foi tomada pela Seap, após a confirmação da fuga de 12 presos na madrugada deste sábado (17).

Segundo a pasta, a medida foi tomada para avaliação dos procedimentos de segurança. As buscas pelos foragidos nas imediações  permanecem. Além disso, denúncias foram recebidas a Polícia Penal, mas nenhuma recaptura foi realizada.

Fuga

Desde 2018, quando um detento escapou do complexo penitenciário, este é o primeiro episódio de fuga registrado. Segundo informações, os 12 presos escaparam na madrugada deste sábado por um buraco a partir da ventilação em um banheiro.

De acordo com a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), os fugitivos foram identificados como: Alziro Tony da Silva, de 28 anos; Antonio Marcos Sena da Silva, conhecido como ‘Marcola’, de 31 anos; Cleyton Marques de Mendonça, de 27 anos; Francisco Alef Guedes de Lima, conhecido como ‘Matuto’, de 27 anos; Francisco Damião Virgínio de Oliveira, conhecido como ‘Gato a Jato’, de 48 anos; Francisco Eliomar Faustino Júnior, de 27 anos; Francisco Ray Pereira da Costa, de 27 anos; Genilson Silva de Andrade, conhecido como ‘Nilson’, de 23 anos; Henrique de Oliveira Souza, conhecido como ‘Borracha’, de 35 anos; Ivanaldo Sales da Silva, conhecido como ‘Pikachu’, de 21 anos; Max Soares da Silva, de 29 anos; e Osvanildo Maria da Silva, conhecido como ‘Cachimbo’, de 34 anos.

A Seap confirmou que os fugitivos estavam custodiados na cela 9 do Pavilhão IV, que abrigava 738 presos, sendo que atualmente A Penitenciária de Alcaçuz abriga 1.649 presos condenados pela Justiça.

Portal da Tropical



Comente aqui