Brasil

Alvo do inquérito das fake news, Bia Kicis dispara: “Vai se lascar, Celso de Mello! Juiz de merda!”

FOTO: DIVULGAÇÃO

Entre os seis parlamentares federais chamados a depor no inquérito das fake news que tramita no Supremo Tribunal Federal, a deputada Bia Kicis (PSL-DF) xingou o ministro Celso de Mello por ter tomado decisões que contrariaram o presidente Jair Bolsonaro. Em transmissão para seus seguidores na última sexta-feira (22), Bia admitiu que usava de sua imunidade parlamentar para atacar o ministro (veja o vídeo abaixo).

A deputada, que é procuradora aposentada do Distrito Federal, chamou o decano do Supremo de “juiz de merda”.

“Vai se lascar, Celso de Mello! Vai se lascar! Não é à toa que você foi chamado de juiz de merda pelo Saulo Ramos. Juiz de merda! E eu estou usando aqui minha imunidade parlamentar para falar a verdade na sua cara. Juiz de merda, é isso que você é”, atacou, em tom elevado de voz.

“Eu ouvi falar que você casou com uma moça progressista, e depois que você casou com ela, você virou esquerdopata. Esse homem tem de ser afastado do inquérito”, acrescentou. A deputada disse que Celso de Mello deveria estar em casa em vez de estar “assombrando” o país.

Ela defendeu mudança na idade compulsória de servidores públicos. Uma emenda constitucional aumentou de 70 para 75 anos a idade com a qual um ministro do Supremo é aposentado compulsoriamente. Celso, que deixará o Supremo no segundo semestre, tem 74 anos.

Congresso em Foco

Comentários



Deixe seu comentário