Mundo

Alemanha inaugura “prisão Covid” para quem se recusa a cumprir quarentena

MEDIDA É CONSIDERADA ÚLTIMO RECURSO PARA LIMITAR A CIRCULAÇÃO DE PESSOAS COM TESTE POSITIVO PARA COVID-19. FOTO: GETTY

A Alemanha está disposta a aumentar o rigor em relação aos que descumprem as regras do isolamento social. O país disponibilizou seis celas em uma prisão na cidade de Neumünster, no estado de Schleswig-Holstein, para prender pessoas que não mantêm a quarentena.

A “prisão Covid” foi inaugurada em janeiro e conta com 40 policiais aposentados que se voluntariaram para vigiar os presos. O espaço faz parte de anexo inutilizado de um centro para jovens infratores. Ao redor da cadeia, há cercas de arame farpado e câmeras de segurança 24 horas.

A instalação tem como objetivo conter pessoas que se recusam a se isolar adequadamente após viajar, serem expostas a um contato de alto risco ou que tenham recebido resultado positivo para Covid-19 e, mesmo assim, não permanecem em casa.

De acordo com autoridades locais, as pessoas serão presas somente como um “último recurso”. Antes, é preciso que haja evidências claras de que o suspeito quebrou a quarentena antes do governo emitir uma multa e ordem judicial.

Metrópoles


Comente aqui