Brasil

A Polícia Militar deteve suposto líder da invasão da embaixada da Venezuela em Brasília nesta quarta-feira

O HOMEM FOI RETIRADO DO LOCAL PELA PM APÓS ÂNIMOS ENTRE OPOSITORES SE EXALTAREM. FOTO: FOLHAPRESS/ PEDRO LADEIRA

O suposto líder da invasão chama-se Alberto Palombo e foi retirado do local pela PM porque os ânimos ficaram exaltados entre os defensores do presidente Nicolás Maduro e do autoproclamado presidente, Juan Guaidó, segundo a Sputnik Brasil.

Ainda de acordo com a Sputnik Brasil, Palombo organizava os manifestantes que invadiram a embaixada e foi retirado para evitar agressões. O ministro das Relações Exteriores da Venezuela, Jorge Arreaza, afirma que responsabiliza o “governo do Brasil pela segurança de nosso pessoal e instalações”.

Com informações: Sputnik Brasil


Deixe um Comentário