Polícia

Estado deve se preparar para pagar indenizações a familiares de presos mortos

AINDA NÃO HÁ INFORMAÇÕES OFICIAIS SOBRE O NÚMERO DE PRESOS MORTOS DURANTEA REBELIÃO

AINDA NÃO HÁ INFORMAÇÕES OFICIAIS SOBRE O NÚMERO DE PRESOS MORTOS DURANTE A REBELIÃO

O governo do Estado do Rio Grande do Norte deve ir se preparando para enfrentar pedidos de indenização por parte de familiares dos presos mortos, durante a rebelião que teve início ontem no presídio de Alcaçuz e que foi controlada na manhã deste domingo, 15, após a entrada das forças de segurança na unidade prisional.

Parentes de apenados já estariam recebendo orientação jurídica para entrar com ação indenizatória contra o Estado.

Uma mulher de um apenado, identificada como Natália, de 30 anos, já declarou ao Portal  TN On Line, do Jornal Tribuna do Norte, que irá processar o Estado, por conta da morte do marido, que estava há dois anos cumprindo pena na unidade prisional.

“Quero processar porque desligaram a energia e abriram os portões para eles se matarem”, assinala.


Deixe um Comentário