Últimas do FM

Polícia

Polícia Civil mantém investigações do desaparecimento da criança josé Carlos em sigilo

FOTO: REPRODUÇÃO

A investigação do desaparecimento da criança de 8 anos, José Carlos da Silva, na Redinha, no último dia 21, está sob sigilo, informou, em nota, a Polícia Civil do estado, na noite desta quinta-feira (29).

De acordo com a polícia, o caso foi registrado por familiares na 12ª Delegacia Distrital de Natal, no dia 22 de outubro e a apuração está sendo conduzida pelo Núcleo de Investigação Sobre Pessoas Desaparecidas (NIPD), vinculado à Divisão de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP).

A Polícia Civil disse ainda que desde a data do registro, foram realizadas diversas diligências pelas equipes de policiais civis, porém as informações encontram-se sob sigilo, para garantir o êxito das investigações.

Por fim, “A instituição se solidariza com a dor dos familiares e ressalta que todos os esforços estão sendo empreendidos no intuito de esclarecer os fatos, identificando e responsabilizando o(s) autor(es)”.

A criança desapareceu enquanto levava comida ao irmão que trabalhava no semáforo do cruzamento da Avenida João Medeiros Filho com a Avenida Moema Tinoco. Testemunhas dizem tê-lo visto próximo ao um matagal, nas proximidades do rio doce na Redinha.

Nota na íntegra

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte informa que o desaparecimento da criança José Carlos da Silva, 8 anos, ocorrido no dia 21 de outubro de 2020, no bairro da Redinha, foi registrado por familiares na 12ª Delegacia Distrital de Natal, no dia 22 de outubro. A apuração está transcorrendo perante o Núcleo Investigação Sobre Pessoas Desaparecidas (NIPD), vinculado à Divisão de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP). Desde a data do registro, foram realizadas diversas diligências pelas equipes de policiais civis, porém as informações encontram-se sob sigilo, para garantir o êxito das investigações. A instituição se solidariza com a dor dos familiares e ressalta que todos os esforços estão sendo empreendidos no intuito de esclarecer os fatos, identificando e responsabilizando o(s) autor(es).


Comente aqui

Educação

Pesquisa da UFRN é premiada em evento de Inteligência Artificial

FOTO: ILUSTRAÇÃO

Um artigo desenvolvido por pesquisadores, discente e docentes do Instituto Metrópole Digital (IMD), da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), recebeu prêmio de segundo melhor artigo no Brazilian Conference on Intelligent Systems (Bracis 2020), importante conferência de Inteligência Artificial (IA) da América Latina. Este ano, o evento aconteceu de forma reforma durante o mês de outubro.

Intitulado A Distance-Weighted Selection of Unlabelled Instances for Self-training and Co-training Semi-supervised Methods, o artigo foi realizado pelo doutorando Cephas Barreto e apresenta os atuais resultados de sua pesquisa, desenvolvida no âmbito do Programa de Pós-graduação em Sistemas e Computação – PPgSC/DIMAp.

Sob a orientação dos professores Anne Magaly Canuto (DIMAp) e João Carlos Xavier-Júnior (IMD), o trabalho trata de uma pesquisa de base sobre Aprendizado Semi-Supervisionado – subárea do campo de Aprendizado de Máquina – tipo de aprendizado no qual é realizada a classificação de dados em domínios com dados rotulados escassos.

Impacto da pesquisa

De forma prática, o doutorando explica que, atualmente, programas de computador são capazes de resolver problemas, como apontar se há uma pessoa em uma determinada imagem ou mesmo ajudar no diagnóstico de uma doença. Isso é feito utilizando dados para “treinar” o computador (a máquina), para que este possua conhecimento e resolva os problemas em questão.

Contudo, em muitos domínios, é difícil possuir dados preexistentes na quantidade necessária para se obter bons resultados. Nesse caso, o Aprendizado Semi-supervisionado se aplica a esse tipo de problema, em que o processo manual de rotulagem de dados é muito dispendioso, demorado, ou ambos.

O diagnóstico de doenças através de imagens é um exemplo de problema em que pode-se utilizar essa técnica, dado que é muito difícil ter uma grande quantidade de imagens rotuladas por especialistas. “Como a pesquisa em questão está relacionada à melhoria do desempenho em tarefas de classificação para tais domínios, seus resultados podem contribuir com a melhoria dos resultados de classificação em problemas difíceis de resolver e com grande impacto social, como é o caso do diagnóstico de doenças através de imagens”, exemplifica o pesquisador.

Além dos pesquisadores citados, o artigo contou com a colaboração do discente de mestrado Arthur Gorgônio, também do PPgSC.

Colocação

Considerado o mais importante evento brasileiro sobre IA, o Bracis ocorre conjuntamente com outros quatro eventos menores e recebe trabalhos de todo o mundo. Este ano, foram submetidos 228 artigos, sendo selecionados apenas 91 para apresentação. Desse número, apenas seis foram classificados para concorrer ao prêmio de best paper, ou melhor artigo.

Para Cephas Barreto, a boa colocação no evento trata-se de uma conquista acadêmica muito importante, além do que, com a aprovação, é provável que sua pesquisa seja publicada em uma revista internacional de classificação A1 – qualificação mais elevada que um periódico científico pode receber.


Comente aqui

Economia

Microcrédito impulsiona negócios de 452 empreendedores em 24 cidades do RN

FOTO: ILUSTRAÇÃO

Cinco dias, 452 empreendedores atendidos e um volume total de R$ 1,8 milhão em crédito para negócios de 24 cidades do Rio Grande do Norte. Esse é o resultado da caravana do crédito realizada pelo Governo do Estado através da equipe da Agência de Fomento do Rio Grande do Norte (AGN-RN).

A equipe passou por Acari, Afonso Bezerra, Apodi, Bodó, Caicó, Campo Redondo, Caraúbas, Carnaúba dos Dantas, Cerro Corá, Coronel Ezequiel, Currais Novos, Jaçanã, Jardim de Piranhas, Lagoa Nova, Lajes, Lajes Pintadas, Jucurutu, Santa Cruz, São Fernando, Serra Caiada, Serra Negra do Norte, Tangará, Timbaúba dos Batistas e Triunfo Potiguar.

Desde o último dia 23, a equipe de colaboradores e parceiros tem realizado no interior do estado uma série de atendimentos, assinatura de contratos e concessões de financiamento para impulsionar negócios e promover a retomada econômica em meio à instabilidade provocada pela pandemia da Covid-19.

Apenas a região Seridó, que teve 12 cidades atendidas neste período de cinco dias, 146 empreendedores foram beneficiados com o crédito em condições especiais e que alcançou o montante de R$ 618 mil. O crédito atendeu setores como serviços, comércio, turismo, indústria e artesanato.

A diretora-presidente da AGN, Márcia Maia, destaca a atuação da instituição e as parcerias realizadas pelo interior do estado para ampliar e facilitar o acesso dos empreendedores ao crédito. “Sabemos da importância do crédito para as empresas e empreendedores, especialmente neste momento. Por isso, temos feito um grande esforço para alcançar cada vez mais pessoas, garantir a manutenção de empresas e, principalmente, do emprego e da renda dos potiguares. É uma luta incansável

De 24 de março a até hoje, a AGN financiou mais de 4,1 mil empreendimentos com um investimento superior a R$ 19,5 milhões em apenas sete meses. A média mensal de recursos liberados através de financiamentos durante o período de pandemia é de R$ 2,7 milhões. O investimento realizado durante a pandemia supera em cerca de R$ 1,1 milhão o volume de recursos injetados nos empreendimentos em todo ano passado. Em 2019, em 12 meses, o valor investido foi de R$ 18,4 milhões.

Em 2020, o volume de recursos investidos ultrapassa os R$ 23,3 milhões nas mais diversas regiões do estado. São 5.329 empreendedores dos setores de serviços, passando ainda pela agricultura familiar, indústria, artesanato, cultura e turismo.

Comente aqui

Educação

Prefeitura do Natal prorroga suspensão das aulas da rede pública até 30 de novembro

FOTO: ILUSTRAÇÃO

A Prefeitura de Natal prorrogou a suspensão das aulas presenciais na rede pública municipal de ensino até o fim de novembro, por causa da pandemia do coronavírus. O novo decreto foi publicado no Diário Oficial do Município desta sexta-feira (30).

Terminava justamente nesta sexta (30) o prazo definido pelo último decreto que havia sido publicado sobre o tema, em setembro. As aulas foram suspensas no dia 18 de março, menos de duas semanas após a abertura do ano letivo, em virtude da pandemia.

Ainda de acordo com o novo decreto, o prazo poderá ser revisto a qualquer tempo, sendo antecipado ou prorrogado.

As escolas da rede privada da capital tiveram autorização para voltar a ter aulas presenciais, em formato híbrido, em setembro. Neste formato, os pais têm a opção de mandar seus filhos à escola ou mantê-los em casa, assistindo aulas em formato virtual.

Na rede pública estadual, também não há aulas presenciais desde março. Em outubro, o governo publicou uma portaria em que estipulou o prazo de fevereiro de 2021 para retomada do ensino presencial também no formato híbrido. A confirmação da data, no entanto, depende do comportamento da doença no Rio Grande do Norte.

G1RN

Comente aqui

Polícia

Polícia investiga se assaltantes estariam espalhando grampos no acesso ao aeroporto de Natal

FOTO: SERGIO HENRIQUE SANTOS

Grampos e pedras deixados no meio da pista que dá acesso ao Aeroporto Internacional Aluísio Alves, na região metropolitana de Natal, furou pneus de veículos que passavam pelo local na noite desta quinta-feira (29). Pelo menos três carros tiveram pneus furados.

O caso aconteceu entre a principal rotatória que dá acesso ao terminal e a BR-304 em Macaíba. A Polícia Militar suspeita que da ação de bandidos que tinham a intenção de fazer assaltos na região. Ninguém foi preso.

O motorista de transporte de passageiros por aplicativo, Raphael Lucena Pires, foi uma das vítimas. Dois pneus do carro dele foram furados.

O homem afirmou que estava indo para o aeroporto pegar um passageiro, quando percebeu o que ele achava ser um animal morto no acostamento. Imediatamente, ele sentiu que o carro passou por cima de um monte de pedras e grampos. No entanto, ele disse que não viu criminosos e que os policiais chegaram poucos minutos depois ao local.

Em um outro caso, os dois ocupantes do carro vinham de Rio da Prato e disseram ter ouvido inclusive o que parecia ser tiros, ao passar pelos grampos e pedras no meio da pista.

Após ser acionada, a Polícia Militar chegou ao local em cerca de cinco minutos e retirou as pedras e os grampos – conhecidos como miguelitos – do meio da pista. Os policiais ainda fizeram buscas na região, mas nenhum suspeito foi localizado.

G1RN

Comente aqui

Brasil

Movimentação anual do PCC passa de R$ 6 milhões para R$ 1 bilhão em 15 anos

FOTO: ILUSTRAÇÃO

Documentos de 2004 e 2019 apreendidos pela Polícia Civil e MP-SP (Ministério Público de São Paulo) com tesoureiros e contadores do PCC (Primeiro Comando da Capital) mostram que a movimentação financeira da maior facção criminosa do Brasil aumentou 160 vezes nos últimos 15 anos.

O UOL teve acesso a planilhas que revelam que a organização movimentou R$ 6,2 milhões de setembro de 2004 a junho de 2005, e cerca de R$ 1 bilhão entre 2018 e 2019. A evolução patrimonial atingiu cifras dignas de uma multinacional.

Deivid Surur, então com 23 anos, conhecido como DVD, o primeiro tesoureiro da história do PCC, foi preso em 22 de julho de 2005 pelo Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais), da Polícia Civil. Com ele foram apreendidos cadernos e anotações contendo a contabilidade do grupo.

Na época, a organização começava a se estruturar nos moldes de empresa. O tráfico de drogas passava a ser a prioridade e a Baixada Santista já era um dos mais importantes redutos. Mas a contabilidade ainda era feita à moda antiga.

O tesoureiro não usava computadores, notebooks nem pendrive. As planilhas encontradas com Deivid eram autênticos manuscritos. Ele anotava tudo a caneta em folhas de caderno. O PCC ainda não fazia negociações em moeda americana nem usava doleiros em suas transações.

A documentação indica que a facção movimentava mensalmente entre R$ 100 mil e R$ 350 mil com a compra de drogas, aquisição de armas, munição e veículos, pagamentos a advogados, remessa de dinheiro para seus líderes e empréstimos para os integrantes.

Comente aqui

Brasil

‘Vamos mandar embora o comunismo do Brasil’, diz Bolsonaro

FOTO: DIVULGAÇÃO/EBC

Em recado ao governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), o presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira, 29, que “em um curto espaço de tempo” irá “mandar embora o comunismo do Brasil”. A crítica indireta ao Executivo estadual, feita durante evento em Imperatriz (MA), vem após declarações públicas contra Dino, que marca forte oposição a Bolsonaro.

Na terça-feira, 27, o presidente disse a apoiadores que era preciso “tirar o PCdoB” do Maranhão.

“Nós vamos, num curto espaço de tempo, mandar embora o comunismo do Brasil. Nós não aceitamos esse regime ditatorial onde o povo não tem vez. Nós somos a liberdade, nós somos aqueles que não têm medo da verdade”, declarou.

O presidente agradeceu pela recepção que recebeu dos maranhenses em sua visita ao Estado e disse que construirá um “novo Brasil” com o povo. “Temos uma preocupação enorme contra aqueles que querem roubar mais do que o nosso dinheiro, querem roubar nossa liberdade. Essa nossa bandeira sagrada jamais será turvada de vermelho”, disse.

No evento, o presidente destacou entregas de obras de infraestrutura do governo federal para a região. “Temos um dos menores orçamentos da história da República, mas nunca tivemos tantas obras, começadas ou concluídas. Nós não nos preocupamos de quem é a obra iniciada há 10, 20, 30, ou 40 anos e não concluída. Nós estamos concluindo obras. Obras que bem demonstram o carinho e respeito que temos com o dinheiro de vocês”, afirmou.

Bolsonaro enalteceu o trabalho desempenhado pela equipe de ministros e agradeceu a atuação de parlamentares do Estado, em especial, o senador Roberto Rocha (PSDB). Ao fim do discurso, voltou a lembrar sua defesa contra o comunismo: “Pode ter certeza, outras vezes viremos aqui. E, se Deus quiser, brevemente estaremos para comemorar a erradicação do comunismo em nosso Brasil”.

O chefe do Executivo participou da inauguração do Complexo Gastronômico da Culinária Popular de Imperatriz, o Panelódromo. Na chegada ao local, o presidente, sem máscara, cumprimentou uma multidão aglomerada. Ele ouviu gritos de apoio e palavras de “Fora Dino”, contra o governador do Estado.

Terra

Comente aqui

Cidades

Energia roubada em 2020 iluminaria Natal e Recife por dois meses, aponta Cosern

FOTO: DIVULGAÇÃO

As ações de prevenção e combate a desvios realizadas pela Neoenergia, empresa controladora da Cosern, entre janeiro e setembro de 2020 resultaram em 424,6 GWh de energia recuperada. Essa quantidade seria suficiente para abastecer Natal e Recife (2,4 milhões de habitantes), juntas, por um mês. Os dados são referentes as quatro concessionárias da Neoenergia – Coelba (BA), Celpe (PE), Cosern (RN) e Elektro (SP/MS), locais em que aconteceram mais de 380 mil inspeções no período.

A empresa possui diversas iniciativas e tecnologias voltadas a prevenir e combater desvios de energia, tais como a instalação de sensores inteligentes e medidores de energia mais modernos, que sinalizam qualquer tentativa de fraude. Esse trabalho já regularizou, nos nove primeiros meses do ano, 151,3 mil consumidores.

No Rio Grande do Norte, a Cosern recuperou 20,2 GWh, o equivalente ao consumo de uma cidade como Macaíba, por exemplo, pelo período de dois meses. Em todo o Estado, foram regularizados 5,9 mil clientes e realizadas 51,2 mil inspeções. De janeiro até agora, cinco pessoas foram presas pela Polícia em flagrante praticando o crime de desvio de energia elétrica (o popular “gato”).

“Investimos em inovação e inteligência para combater desvios de energia, contribuindo para que as pessoas tenham acesso à energia de forma regular e segura. Dois exemplos das tecnologias usadas são as ferramentas de analytics e os sensores, que são instalados nas redes. A inovação contribui para tornar os processos mais assertivos”, afirmou o diretor de Serviços ao Cliente da Neoenergia, Luiz Flávio de Sá.

Sensores inteligentes são instalados em locais estratégicos, considerando estudos de alta complexidade – o que permite acompanhar o balanço energético da rede, potencializando o diagnóstico de detecção de fraude. Os equipamentos possibilitam a identificação dessas perdas, sendo importante instrumento para subsidiar as ações realizadas em parcerias com a Polícia nos cinco Estados nos quais a Neoenergia atua.

“Temos que entender que os procedimentos fraudulentos são prejudiciais para toda população, sobretudo para os consumidores que pagam suas contas em dia. Além dos riscos à vida, proporcionados pelas modificações na rede de forma inapropriada, parte do valor da energia furtada acaba sendo pago entre todos os consumidores. Por esse motivo, combatemos todos os tipos de fraudes, no mês de setembro mobilizamos as Polícias dos cinco Estados da área de concessão da Neoenergia e realizamos a maior operação de desvio de energia do país, sempre visando melhorar o fornecimento para nossos clientes.”, declarou o superintendente de Gestão da Receita da Neoenergia, Marcelo Fernandes.

Regularização de clientes

Quem ainda está irregular e não tem o medidor de energia instalado pode entrar em contato com as distribuidoras para fazer regularização da ligação, de forma gratuita. Para apoiar os consumidores e estimular a regularização, são oferecidas diversas facilidades quanto ao parcelamento e pagamento de faturas utilizando os canais digitais.

Denúncia

A Neoenergia reforça a importância da denúncia de fraudes e furtos de energia. O apoio da comunidade é essencial para identificar os desvios e acionar as distribuidoras. As denúncias são feitas de forma anônima pelas Centrais de Relacionamento ou direto no site na parte de Canais de Atendimento > Denúncia de Irregularidade: 116.

Comente aqui

Brasil

Comprador que deu lance menor que o Grupo Arnaldo Gaspar aguarda parecer judicial para arrematar Hotel Tambaú

FOTO: ILUSTRAÇÃO

O arrematante identificado como ‘Galdino’ no site do leiloeiro oficial aguarda parecer da Justiça do Estado do Rio de Janeiro, do Ministério Público do Rio de Janeiro e do administrador da massa falida para arrematar o Hotel Tambaú. O comprador deu lance de R$ 40.000.000,00, às 14h05 desta quinta-feira (29), conforme apurou o Portal ClickPB.

O Grupo Arnaldo Gaspar havia dado lance superior, de R$ 40.020.000,00, e arrematado o hotel localizado em João Pessoa por R$ 20 mil a mais que o ‘Galdino’. Contudo, a empresa desistiu da compra. O valor que prevalece, agora, é então do arrematante identificado no site do leiloeiro como ‘Galdino’, mas sem identidade revelada.

A empresa de leilões no Rio de Janeiro informou ao ClickPB, na tarde desta quinta-feira, que aguarda a decisão da Justiça e do MP do Rio e do administrador da massa falida da Varig para confirmar, ou não, o arremate, já que o lance foi inferior a 50% (R$ 65.980.000,00) do valor total do empreendimento, que é de R$ 131.960.000,00.

O Hotel Tambaú foi projetado pelo arquiteto Sérgio Bernardes, tem 173 apartamentos e 18.009,05 metros quadrados de área construída. Além disso, o hotel tem lojas internas, anfiteatro, piscinas, quadras esportivas, salão para festas e eventos, salas para reuniões, boate, bar à beira mar, restaurante e estacionamento.

DESISTÊNCIA

Na mesma velocidade em que arrematou o Tambaú Hotel – pouco mais de duas horas -, localizado na orla de João Pessoa, em leilão ocorrido de forma online e presencial, no Rio de Janeiro, o Grupo Arnaldo Gaspar encaminhou um documento ao leiloeiro De Paula Leilões informando sobre a desistência da compra. O mesmo documento foi encaminhado ao Juízo de Direito da 4º Vara Empresarial da Comarca do Rio de Janeiro.

Conforme a reportagem apurou, essa medida não é passível de qualquer ônus para o grupo, porque os demais lances – foram feitos outros dois – também foram cancelados dentro dos prazos legais. Então, os cancelamentos não têm nenhum tipo de punição. O juiz deve analisar o caso e marcar uma nota data para que o leilão ocorra.

O Turismo em Foco teve uma informação, não confirmada, de que um senador estaria intermediando a compra do Tambaú Hotel e, assim que a compra foi confirmada, teria se arrependido. A reportagem está tentando contato com dirigentes do Grupo Gaspar, mas nenhum deles se manifestou ainda.

Comente aqui

Brasil

Morte de Ricardo Boechat: Falha de manutenção ocasionou a queda do helicóptero, diz FAB

FOTO: DIVULGAÇÃO

Relatório do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), da FAB, concluiu que uma série de falhas de manutenção levou à queda do helicóptero que causou a morte do jornalista Ricardo Boechat.

O acidente ocorreu em fevereiro do ano passado, na Rodoanel (SP). O documento foi divulgado nesta quinta-feira (29/10).

Além dos problemas mecânicos, segundo o Cenipa, o piloto Ronaldo Quattrucci, de 56 anos, que também morreu no acidente, tomou atitudes consideradas erradas durante a operação do helicóptero. Como exemplo, ele não teria verificado se estavam funcionando perfeitamente instrumentos de bordo. As atitudes do comandante contribuíram para o acidente, indicou a FAB.

O documento aponta uma falha significativa no compressor da aeronave, que não teve troca completa desde 1988. O compressor estava com peças vencidas no momento do acidente, assim como o tubo de distribuição de óleo da aeronave.

Metrópoles

Comente aqui