Internacional

Vaticano investiga sociedade católica brasileira por ‘pacto com Satã’; pacto teria objetivo de matar o Papa Francisco

Sociedade

ARAUTOS DO EVANGELHO, ESTÁ SENDO INVESTIGADA PELO VATICANO POR “APARENTE PACTO COM SATÃ SOBRE A MORTE DO PAPA FRANCISCO”

Uma sociedade católica ultraconservadora, a Arautos do Evangelho, está sendo investigada pelo Vaticano por “aparente pacto com Satã sobre a morte do papa Francisco”. A organização é dissidente da TFP (Tradição, Família e Prosperidade).

As informações foram publicadas em pelo menos três jornais estrangeiros, como o italiano La Stampa, o americano Daily Beast e o britânico Daily Mail. As investigações também foram noticiadas pela Folha de S. Paulo, na coluna de Nelson de Sá.

Tudo começou com a publicação de um artigo denominado “Arautos, a doutrina secreta: Correa incentiva a morte do papa”, em italiano, pelo vaticanista Andrea Tornielli, no blog Vatican Insider.

No blog, Tornielli divulgou um vídeo em que o Mons. João Scognamiglio Clá Dias aparece segurando uma carta junto a cerca de sessenta sacerdotes. O vídeo foi gravado em fevereiro de 2016, após uma visita papal.

O conteúdo da carta seria, segundo Tornielli, a transcrição de perguntas e respostas entre um padre e um demônio. A carta é entregue ao Padre Luiz Francisco Beccari, que a lê aos sacerdotes.

Em nota por meio da agência de notícias católicas GaudiumPress Brasil, a igreja disse que as informações divulgadas por Tornielli foram “tiradas do contexto”, assim como o vídeo, que seria confidencial e foi divulgado por dissidentes da Arautos.

Veja matéria completa e o vídeo aqui.



Deixe um Comentário