Natal

Unimed Natal nega “perseguição política” em autorização de procedimentos em Natal

EX-VERADOR EM NATAL, MÉDICO ENILDO ALVES DIZ QUE A UNIMED NATAL NEGA EXAME POR RETALIAÇÃO POLÍTICA

Em matéria publicada na manhã desta quarta-feira (21) no Blog do FM o médico hematologista e ex-vereador, Enildo Alves, fez uma denúncia contra Unimed Natal, dirigida no RN pelo médico Fernando Pinto, de negar, por perseguição política, a realização de um exame Petiscam para a sua mãe.

Por meio de uma nota, a cooperativa médica repudiou a denúncia e informou que a negativa ao exame segue diretrizes determinas pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). Confira a nota na íntegra:

Sobre a notícia veiculada por este blog a respeito da autorização de procedimentos, a Unimed Natal esclarece que o processo de liberação de exames, cirurgias e tratamentos ofertados aos seus beneficiários segue integralmente as diretrizes determinas pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). Elas representam critérios que orientam em quais circunstâncias alguns procedimentos possuem cobertura.

Nesse sentido, a cooperativa ressalta que a solicitação de exame PET Scan no caso noticiado foi avaliada e, conforme verificado, não atende às Diretrizes de Utilização para cobertura de procedimentos prevista na legislação.

Importante reforçar que, independente do plano contratado ou de quem o contratou, a Unimed Natal segue as regras estabelecidas pela agência reguladora e reforça seu compromisso de atuar com ética, transparência e responsabilidade sempre em prol dos seus médicos cooperados e beneficiários.


Deixe um Comentário