Saúde

Superlotação, umidade e calor: presos passam mal e SAMU é chamado na Plantão Zona Sul

A SUPERLOTAÇÃO, CALOR E UMIDADE FORAM FATORES PARA O AGRAVAMENTO DO PROBLEMA JÁ ANTIGO (FOTO:ADRIANO ABREU/ TN)

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionado na tarde deste sábado (27), para atender presos que passaram mal na carceragem da Delegacia de Plantão da Zona Sul de Natal, no bairro Candelária. A superlotação, o calor e a umidade foram fatores para o agravamento do problema já antigo.

De acordo com o agente da Polícia Civil Armando Paulo cerca de 14 presos apresentaram sintomas de contaminação por bactéria, como irritações na pele e problemas de respiração. “Eram 24 presos, tivemos que pedir com urgência a transferência de 10, porém isso não resolveu a situação e diante da gravidade do caso acionamos o SAMU”, disse. A cela que abriga presos na O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionado na tarde deste sábado (27), para atender presos que passaram mal na carceragem da delegacia de plantão da zona Sul de Natal, no bairro Candelária.

A superlotação, o calor e a umidade foram fatores para o agravamento do problema já antigo. De acordo com o agente da Polícia Civil Armando Paulo cerca de 14 presos apresentaram sintomas de contaminação por bactéria, como irritações na pele e problemas de respiração. “Eram 24 presos, tivemos que pedir com urgência a transferência de 10, porém isso não resolveu a situação e diante da gravidade do caso acionamos o SAMU”, disse.

A cela que abriga presos na principal delegacia da Zona Sul e parte da região metropolitana, possui apenas uma janela para ventilação e mede pouco mais de 3x3m. Diante do quadro, o atendimento ao público fica comprometido já que os agentes, irregularmente, acabam acumulando funções como a assistência direta aos custodiados pelo Estado (Com informações do Portal 190/RN).


Deixe um Comentário