Política

“Somos todos Tomba”: população vai às ruas de Santa Cruz protestar contra o prefeito interino Gean Paraibano; veja o vídeo

 

Personificando uma espécie de “Odorico Paraguaçu” dos tempos modernos, o vereador e prefeito interino de Santa Cruz,  Gean Paraibano, vem sentido na própria pele a ira da população santa-cruzense, que tem ido às ruas mostrar lealdade ao deputado Tomba Farias, marido da ex-prefeita Fernanda Costa, cassada  pela justiça federal no final do mês de Outubro. Hoje, populares se amontoaram em frente ao prédio do Legislativo municipal, aos gritos “Somos todos Tomba”.

Vice-presidente da Câmara de Santa Cruz, o vereador dublê de “Odorico Paraguaçu” se apossou da prefeitura de Santa Cruz, após assumir a presidência da Câmara Municipal. Com a conivência de três vereadores que escaparam de ser cassados pela Justiça Eleitoral e que fazem oposição a Tomba Farias, Gean Paraibano não deu posse aos suplentes dos vereadores que foram cassados, para evitar que uma nova eleição para a Mesa Diretora fosse feita.

Após assumir a interinidade do cargo de prefeito, Gean Paraibano teve como uma de suas primeiras iniciativas gravar um vídeo no qual caprichou na demagogia e prometeu anular o aumento do IPTU aprovado pela Câmara Municipal na gestão Fernanda Costa. Um detalhe torna o fato mais cômico: o tal aumento da tarifa do IPTU foi aprovado com o voto favorável do próprio “Odorico” santa-cruzense.

COMO “ODORICO PARAGUAÇU, PREFEITO INTERINO GEAN PARAIBANO PROMETE ANULAR AUMENTO DO IPTU QUE ELE MESMO VOTOU A FAVOR

Com exceção dos surtos demagógicos que protagonizou, o prefeito interino não tem feito nada, senão se mostrar impotente e despreparado para assumir as rédeas do poder e debelar a crise administrativa que tomou conta da cidade.

Do dia para a noite, Santa Cruz migrou da condição de município extremamente equilibrado para uma cidade onde os serviços essenciais estão à beira do colapso.

Além da raiva da população, Gean Paraibano se deparou ainda com um pedido coletivo de demissão de secretários e cargos comissionados da gestão Fernanda Costa. Com o caos prestes a se instalado, o “Odorico” santa-cruzense gravou um novo vídeo no qual fez um apelo patético para que o funcionalismo não abandonasse seus postos.

Segundo informações colhidas junto a formadores de opinião de Santa Cruz, o inferno astral do prefeito Interino no personagem de “Odorico Paraguaçu” pode acabar nos próximos dias, já que haverá a eleição de um novo presidente da Câmara Municipal, que assumirá a prefeitura até a realização de uma eleição suplementar.

Aliás, até que as eleições suplementares sejam realizadas, Santa Cruz corre o risco de ter até o início de 2019 dois prefeitos interinos: nos próximos dias devem ser eleitos dois presidentes de Câmara Municipal – o primeiro para exercer o cargo no restante de 2018, e o segundo a partir de 2019.

É um caos patrocinado pela miopia da Justiça Eleitoral, que poderia ter optado por punir a ex-prefeita Fernanda Costa com a inelegibilidade política, sem, no entanto, determinar a cassação imediata do seu mandato.

O resumo da ópera é que uma cidade que há anos convive com um “boom” desenvolvimentista, tem as finanças extremamente oxigenadas e que estava prestes a ter a sua economia alavancada pela implantação de um teleférico que a consagraria como polo de turismo religioso nacional, corre agora o risco de cair no “buraco negro” da mediocridade, como é a realidade em diversos municípios interioranos do Nordeste brasileiro.

O preço da miopia da Justiça Eleitoral quem vai pagar é a população de Santa Cruz – inclusive a parte dela que atualmente comemora a cassação da prefeita Fernanda Costa, sem levar em consideração que os risos de hoje podem ser as lágrimas de amanhã.


Deixe um Comentário