Cultura

Som Sem Plugs rompe limites e grava clipe na Chapada Diamantina com banda potiguar

Em meio a uma paisagem de tirar o fôlego e de se perder de vista com 1.500km2, a equipe do Som Sem Plugs – SSP ultrapassou os limites do estado do Rio Grande do Norte e aportou na Chapada Diamantina, localizada no estado da Bahia, para trabalho com a banda instrumental potiguar Koogu. O lançamento do clipe “A Espera da Shuva” (com S mesmo) acontece no dia 22 de maio, nas redes sociais do SSP.

Koogu é uma banda instrumental independente de Natal-RN, formada em 2014 pelos irmãos Henrique Geladeira (guitarra, órgão, sintetizador) e Gustavo Rocha (baixo e sampler) juntamente com Daniel Garça (bateria e drumpad). Os três são músicos já conhecidos e atuantes da cena potiguar por seus trabalhos anteriores em bandas como Calistoga, Talma e Gadelha, Camarones Orquestra Guitarrística, Son of a Witch, Lunares, entre outras.

A proposta do SSP foi a de transmitir ao público – através da produção do clipe em um cenário exuberante – a força da Koogu, detentora de uma sonoridade que passeia por diversos universos musicais que se constituem em loops, originando um experimento libertador e altamente hipnotizante. O diretor geral do Som Sem Plugs, Felipe Campos, explica a ideia de sair do estado para este trabalho. “O interesse em gravar com a Koogu surgiu durante o Festival Potiguar Mahaldeia que neste ano ocorreu na Chapada. Como já tínhamos interesse nessa parceria, juntamos o talento e a disponibilidade deles, com o cenário que a Chapada nos oferecia, então nasceu a vontade e a proposta de sairmos do RN e produzir o clipe fora”, comenta o diretor do SSP, Felipe Campos.

A Koogu já participou dos mais importantes festivais e palcos em Natal como: Festival Dosol, Festival Catamaran, Under The Sun, Som da Mata, Mahaldeia, Festival Natal Instrumental, entre outros e, com sua tour “Trip da Onda Quadrada”, contabilizam passagens em diversas cidades do nordeste, sudeste e centro oeste em apresentações nos festivais: Festival Bananada (GO) e Festival SIM (SP). Agora a banda se prepara para novas turnês e passos ainda maiores.


Deixe um Comentário