Natal

“Só notícia boa”: Álvaro Dias liga as turbinas para transformar Natal em “canteiro de obra” nos próximos dois anos

PREFEITO ÁLVARO DIAS ASSINA ORDEM DE SERVIÇO PARA OBRAS QUE VÃO GARANTIR IMPORTANTES MELHORIAS PARA A ZONA NOTE DE NATAL

“Só notícia boa”. Com essa declaração, dada ao radialista e vereador Luiz Almir, durante entrevista na Band, o prefeito de Natal, Álvaro Dias, deu o tom de como pretende alavancar a sua gestão na Prefeitura da Capital e consagrar-se perante a opinião pública natalense como gestor competente e qualificado. Ainda desconhecido em Natal, o caicoense Álvaro Dias é mestre em exercitar a chamada “convivência dos contrários”, atributo que aprendeu ao longo dos sucessivos mandatos no Legislativo. O seu foco de trabalho já está definido – trabalhar duro nos próximos dois anos para fazer Natal avançar administrativamente e, com isso, obter os méritos necessários para conquistar a reeleição. Dias já sabe a eleição municipal do ano 2020 será dura e que terá que enfrentar nomes fortes que já começam a ser apontados como potenciais candidatos.

Na conversa com Luiz Almir, o prefeito de Natal deixou claro nas entrelinhas que no modelo de gestão que pretende executar não haverá espaço para  auxiliares descompromissados ou que trabalhem em “marcha lenta”.  Ele exemplificou o “pacote de obras” que planeja destinar para Natal.

A primeira marca registrada de sua gestão já vai sair do papel e atende pelo nome de ‘obras de reurbanização da Zona Norte. A iniciativa envolve a pavimentação de 300 novas ruas da Zona Norte, além de drenagem, construção de creches, escolas, praças, quadras, equipamentos esportivos, entre outras realizações. O “pacote de obras” será desenvolvido ao longo dos próximos 18 meses e representa um investimento de R$ 109 milhões de reais.

“UMA NOVA REDINHA”

Dias também vai investir na infraestrutura de áreas com potencial turístico, a começar pelo o que chamou de “construção de uma nova Redinha”, a praia urbana do lado Norte do Rio Potengi e que convive há anos com uma situação próxima ao abandono. O prefeito diz com todas as letras que fazer a Redinha reviver o período de apogeu vivenciado nos anos 70.

Para isso, Álvaro Dias vai empregar recursos da ordem de R$ 20 milhões de reais – fruto de uma emenda impositiva da bancada federal potiguar – para construir um terminal turístico e investir na reforma do tradicional mercado público, que vai ganhar até um primeiro andar. Na planilha dos projetos consta ainda a construção de quiosques, centro de artesanato e de um píer que será edificado mar adentro, coroando aquela faixa litorânea como um novo polo turístico para encantar os natalenses e atrair visitantes.

PREFEITURA VAI EXECUTAR A PAVIMENTAÇÃO DE 300 NOVAS RUAS DA ZONA NORTE; CONJUNTO DE  OBRAS DEVE BENEFICIAR CERCA DE 250 MIL PESSOAS

Habilidoso no trato político, Álvaro Dias enfatiza com força o apoio que a gestão municipal recebe dos senadores e deputados federais do Rio Grande do Norte, independentemente de cores partidárias. Esse reconhecimento ‘suprapartidário’ parece ser a senha que ele vai usar para dizer aos novos titulares de mandatos federais que Natal não tem partido.

Outra meta de Dias é, até o fim do seu mandato, deixar Natal totalmente iluminada através de lâmpadas LED. As substituições das lâmpadas atuais serão feitas de forma gradativa. O prefeito acredita que dotar a cidade de uma iluminação mais arrojada é também uma forma de contribuir com a segurança pública.

 SAÚDE

O prefeito de Natal também se mostra disposto a colocar a saúde pública nos trilhos e reconhece que os hospitais, como qualquer empresa privada,  não podem “bancar” o atraso de pagamento tão elevado como o que está acontecendo por parte do poder público, principalmente na esfera estadual. Os atrasos inviabilizam o atendimento aos pacientes e atingem em cheio os usuários que precisam de cirurgias ortopédicas.

Álvaro Dias já determinou ao secretário da área buscar uma solução para minimizar a crise, através do parcelamento dos débitos.

SALÁRIOS

Diferentemente do que ocorre em vários municípios do Rio Grande do Norte e na própria administração estadual, a gestão municipal vem mantendo os salários dos servidores rigorosamente em dia – situação que o atual prefeito encara como sendo uma “briga mensal” com os números para não atrasar o pagamento do funcionalismo.

A estratégia em dado certo, segundo enfatiza o próprio prefeito: “desde que assumimos estamos pagando a folha em dia com dificuldade, mas graças a Deus estamos conseguindo manter em dia o pagamento e conseguindo recursos extras para viabilizar obras novas em favor do povo e da cidade do Natal. Estamos fazendo algumas mudanças, alguns ajustes na administração, para procurar imprimir uma marca própria à nossa gestão”, explica.



Deixe um Comentário