Segurança

Secretaria de Segurança iniciará processo para realização do concurso público da PM

SERÁ POSSÍVEL REALIZAR A REPOSIÇÃO  DE POLICIAIS MILITARES QUE FORAM PRA RESERVA REMUNERADA OU FORAM REFORMADOS

SERÁ POSSÍVEL REALIZAR A REPOSIÇÃO DE POLICIAIS MILITARES QUE FORAM PRA RESERVA REMUNERADA OU FORAM REFORMADOS

Após a decisão do Tribunal de Contas do Estado (TCE/RN), que autorizou o certame durante sessão realizada neste quinta-feira (25), na sede do órgão, a Secretaria de Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed), dará início ao processo para realização do concurso público para a Polícia Militar. A decisão do TCE-RN responde a um questionamento apresentado pela secretária de Segurança Pública e da Defesa Social, Kalina Leite.

    De acordo com os termos do voto, é possível realizar a reposição de policiais militares que foram para a reserva remunerada, ou foram reformados, pois essas são as formas análogas a aposentadoria do servidor público civil e a Lei de Responsabilidade Fiscal autoriza a reposição de servidores aposentados nas chamadas áreas essenciais (saúde, educação e segurança).
    A decisão do TCE faz algumas ressalvas: a exceção legal não inclui os servidores das chamadas atividades-meio e “Uno tocante à reserva remunerada, hipótese de vacância também contabilizada para fins de reposição de pessoal, caso o militar retorne ao serviço ativo, há de se observar essa ocorrência, para fins de cálculo das efetivas vagas existentes passíveis de reposição”.
    A secretária destacou a importação da orientação do Tribunal de Contas para a realização do concurso.  “Esse entendimento do Tribunal de Contas sinaliza que estamos no caminho certo. Desde que assumimos a Pasta nos empenhamos, diuturnamente, no sentido de realizarmos este concurso, por entendermos a necessidade que é premente. Agora vamos iniciar os trâmites para realizarmos esse processo o quanto antes”, disse.

Deixe um Comentário