Política

Projeto de Serra sobre a Petrobras é aprovado e PT se sente traído por Dilma

APÓS A DERROTA, O SENADOR LINDBERGH FARIAS (PT-RJ) SE DIZ TRAÍDO PELA PRESIDENTA DILMA

APÓS A DERROTA, O SENADOR LINDBERGH FARIAS (PT-RJ) SE DIZ TRAÍDO PELA PRESIDENTA DILMA

O Senado aprovou, ontem, o projeto do senador José Serra (PSDB-SP) que desobriga a Petrobrás de ser a operadora única e de ter participação mínima de 30% na exploração da camada do pré-sal, com um placar de 40 votos a 26. Ocorreram duas abstenções. O debate durou seis horas. A aprovação do projeto está sendo entre os aliados governistas como uma traição da presidenta Dilma ao PT.
Após a derrota, o senador Lindbergh Farias (PT-RJ) destacou a insatisfação com o resultado e passou rebico em nome do partido. “A mudança de orientação do governo, durante a tarde de hoje, nos deixou perplexos e desarmou nossa luta, abrindo mão do enfrentamento em prol de um péssimo acordo com o PSDB que causa um prejuízo enorme ao Brasil”, postou e sua página no Facebook.
Farias enfatizou ainda que “houve uma aliança do governo com o PSDB em cima da hora”, e destacou que o PT sempre se opôs ao projeto, acusando-o, e ao seu autor, de “entreguistas”.
Os blogs ligados ao PT expressaram toda a sua indignação com o recuo do governo. E, antes do fim da noite, o site “PT na Câmara” postou com destaque: “Parlamentares do PT rechaçam projeto entreguista de José Serra para o pré-sal” (com informações de O Globo).


Deixe um Comentário