Segurança

Profissionais de Segurança Pública do RN recebem capacitação do Consulado Geral dos EUA

 CURSE DE “PREVENÇÃO À FRAUDE DE DOCUMENTOS DE VIAGEM, DETECÇÃO DE IMPOSTORES E TENDÊNCIAS MIGRATÓRIAS”, FORMARÁ DUAS TURMAS. (FOTO: ASSESSORIA/SESED)

CURSE DE “PREVENÇÃO À FRAUDE DE DOCUMENTOS DE VIAGEM, DETECÇÃO DE IMPOSTORES E TENDÊNCIAS MIGRATÓRIAS”, FORMARÁ DUAS TURMAS. (FOTO: ASSESSORIA/SESED)

A Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) deu início na manhã desta terça-feira (8), na Escola de Governo, no Centro Administrativo, em Natal, o Curso de “Prevenção à Fraude de Documentos de Viagem, Detecção de Impostores e Tendências Migratórias”. A capacitação é oferecida pelo Consulado Geral dos Estados Unidos da América para policiais civis, militares, federais e rodoviários federais do Rio Grande do Norte. Ao todo, o curso conta com 8 horas/aula e formará duas turmas. O encerramento acontece nesta quarta-feira (9).

De acordo com a investigadora de fraudes, Gabriela Santos, o Consulado Americano do Nordeste, sediado em Recife, atende toda a região, com exceção da Bahia e tem registrado, desde o fim de 2015, um aumento nos índices de falsificação de documentos de pessoas que buscam viajar aos Estados Unidos.

“O aumento da valorização do dólar americano aliado a atual crise financeira vivenciada do Brasil tem motivado que um maior número de brasileiros busquem viajar aos Estados Unidos em busca de emprego e outros interesses econômicos. Com isso tem aumentando o registro de fraudes documentais e, consequentemente, nossa fiscalização”, disse Gabriela Santos.

Geralmente, os documentos mais fraudados são comprovante de renda, contra cheque, contrato de trabalhos, escrituras, vínculos trabalhistas e carteiras de trabalhos. O objetivo maior do Consulado e das polícias brasileiras é investigar os motivos que levam as pessoas a fraudar documentos. Na maioria dos casos, estes crimes podem ter relação com contrabando de pessoas, tráfico de pessoas, terrorismo, tráfico de drogas, entre outros.

“Estamos proporcionando aos policiais do RN noções básicas sobre análise do passageiro, avaliação dos fatores de segurança de documentos de viagem e conhecimento sobre tendências regionais de fraude. No geral, são ações que permitem a identificação de criminosos e prevenção ”, falou Gabriela Santos.

Ementa 

Os alunos irão conhecer nesses dois dias ítens de segurança de passaporte padrão ICAO – qualidade da capa, reações à luz UV, uso de lupa, microimpressão, dígito verificador da página biográfica e etc; ítens de segurança do visto de turismo estadunidense; perfil de passageiro; técnicas para identificar um impostor; tendências migratórias nos aeroportos brasileiros; estudo de casos, entre outros.



Deixe um Comentário