Economia

Procon Natal constata que mais de 90% dos postos repassaram aumento da Petrobras

NO COMPARATIVO ENTRE O MAIOR E O MENOR PREÇO DO MÊS DE ABRIL, O ETANOL FOI O QUE APRESENTOU MAIOR VARIAÇÃO DE (12,12%)

O Procon Natal realizou pesquisa de combustíveis na primeira semana de maio, onde foi constatado variação mínima nos preços dos combustíveis pelo segundo mês, mas foi encontrado uma grande variação entre o maior e menor preço nos postos pesquisados. A pesquisa foi realizada em sessenta e seis (66) postos de combustíveis da cidade do Natal em suas quatro regiões contempladas, mas apesar do aumento, foi encontrado uma variação de mais de 12% entre o maior e menor preço nos postos pesquisados, tanto no Etanol como no Diesel.

Foi constatado que os preços dos combustíveis pesquisados tiveram aumento em relação ao mês de março, é o que mostra a pesquisa realizada pelo órgão e que orienta os consumidores que pesquise antes de encher o tanque. Apesar da política praticada pela Petrobras de ajustes de preço em paridade com a oscilação do barril de petróleo no mercado internacional, implantada desde julho de 2017, o preço de venda das distribuidoras não é o único determinante do preço final ao consumidor. Como a lei brasileira garante liberdade de preços no mercado de combustíveis e derivados, as revisões feitas pela Petrobras podem ou não refletir no preço final, que incorpora tributos e repasses dos demais agentes do setor de comercialização: distribuidores, revendedores e produtores de biocombustíveis.

No comparativo entre o maior e o menor preço do mês de abril, o Etanol foi o que apresentou maior variação de (12,12%). No mês a variação do etanol foi de (8,52%), e isso equivale a uma diferença de (R$ 0,282)  centavos no litro. No comparativo entre os meses de março e abril as variações todos os produtos tiveram aumento como mostra a pesquisa, o Gás veicular com a menor variação de (0,11%), enquanto os demais o aumento foi de (8,52%); (1,38%); (1,33%); (4,02) e (3,44%) respectivamente. Já a varição entre o maior e menor preço encontrado em combustíveis no mês, destaca-se o Etanol, de (12,12%), a gasolina comum de (11,50%) e a gasolina aditivada (11,34%).

A análise da pesquisa está disponibilizada em sua página virtual no site,www.natal.rn.gov.br/procon.

 



Deixe um Comentário